G P S D A N E T: PORQUE SÓ EXISTE UM CAMINHO A SEGUIR, JESUS CRISTO.
Sola gratia, sola fide, solus Christus, sola scriptura, soli Deo Gloria.

Sou Cristão: Evangélico, Puritano, Reformado - (A Doutrina que sigo é a SÃ, que vem de Jesus Cristo e é interpretada pelo Apóstolo Paulo, Agostinho e João Calvino):

SALMOS 41.12 Quanto a mim, tu me sustentas na minha sinceridade, e me puseste diante da tua face para sempre.

sábado, 28 de dezembro de 2013

A RESPOSTA DE DEUS PARA TODA APOSTÁSIA QUE VEMOS NAS IGREJAS, PRÉDIOS E PESSOAS, HOJE.

ANTES VEJAMOS O QUE SIGNIFICA APOSTASIA:

Apostasia (em grego antigo απόστασις [apóstasis], "estar longe de") tem o sentido de um afastamento definitivo e deliberado de alguma coisa, uma renúncia de sua anterior fé ou doutrinação.

QUAL A RESPOSTA DE DEUS PARA ISSO QUE ACONTECE HOJE TÃO EXPLICITAMENTE NA MAIORIA DAS DENOMINAÇÕES RELIGIOSAS - ISAÍAS 65, QUE DIZ:

Fui buscado dos que não perguntavam por mim, fui achado daqueles que não me buscavam; a uma nação que não se chamava do meu nome eu disse: Eis-me aqui. Eis-me aqui.
Estendi as minhas mãos o dia todo a um povo rebelde, que anda por caminho, que não é bom, após os seus pensamentos;
Povo que de contínuo me irrita diante da minha face, sacrificando em jardins e queimando incenso sobre altares de tijolos;
Que habita entre as sepulturas, e passa as noites junto aos lugares secretos; come carne de porco e tem caldo de coisas abomináveis nos seus vasos;
Que dizem: Fica onde estás, e não te chegues a mim, porque sou mais santo do que tu. Estes são fumaça no meu nariz, um fogo que arde todo o dia.
Eis que está escrito diante de mim: não me calarei; mas eu pagarei, sim, pagarei no seu seio,
As vossas iniqüidades, e juntamente as iniqüidades de vossos pais, diz o Senhor, que queimaram incenso nos montes, e me afrontaram nos outeiros; assim lhes tornarei a medir as suas obras antigas no seu seio.
Assim diz o Senhor: Como quando se acha mosto num cacho de uvas, dizem: Não o desperdices, pois há bênção nele, assim farei por amor de meus servos, que não os destrua a todos,
E produzirei descendência a Jacó, e a Judá um herdeiro que possua os meus montes; e os meus eleitos herdarão a terra e os meus servos habitarão ali.
E Sarom servirá de curral de rebanhos, e o vale de Acor lugar de repouso de gados, para o meu povo, que me buscou.
Mas a vós, os que vos apartais do Senhor, os que vos esqueceis do meu santo monte, os que preparais uma mesa para a Fortuna, e que misturais a bebida para o Destino.
Também vos destinareis à espada, e todos vos encurvareis à matança; porquanto chamei, e não respondestes; falei, e não ouvistes; mas fizestes o que era mau aos meus olhos, e escolhestes aquilo em que não tinha prazer.
Portanto assim diz o Senhor DEUS: Eis que os meus servos comerão, mas vós padecereis fome; eis que os meus servos beberão, porém vós tereis sede; eis que os meus servos se alegrarão, mas vós vos envergonhareis;
Eis que os meus servos exultarão pela alegria de coração, mas vós gritareis pela tristeza de coração; e uivareis pelo quebrantamento de espírito.
E deixareis o vosso nome aos meus eleitos por maldição; e o Senhor DEUS vos matará; e a seus servos chamará por outro nome.
Assim que aquele que se bendisser na terra, se bendirá no Deus da verdade; e aquele que jurar na terra, jurará pelo Deus da verdade; porque já estão esquecidas as angústias passadas, e estão escondidas dos meus olhos.
Porque, eis que eu crio novos céus e nova terra; e não haverá mais lembrança das coisas passadas, nem mais se recordarão.
Mas vós folgareis e exultareis perpetuamente no que eu crio; porque eis que crio para Jerusalém uma alegria, e para o seu povo gozo.
E exultarei em Jerusalém, e me alegrarei no meu povo; e nunca mais se ouvirá nela voz de choro nem voz de clamor.
Não haverá mais nela criança de poucos dias, nem velho que não cumpra os seus dias; porque o menino morrerá de cem anos; porém o pecador de cem anos será amaldiçoado.
E edificarão casas, e as habitarão; e plantarão vinhas, e comerão o seu fruto.
Não edificarão para que outros habitem; não plantarão para que outros comam; porque os dias do meu povo serão como os dias da árvore, e os meus eleitos gozarão das obras das suas mãos.
Não trabalharão debalde, nem terão filhos para a perturbação; porque são a posteridade bendita do Senhor, e os seus descendentes estarão com eles.
E será que antes que clamem eu responderei; estando eles ainda falando, eu os ouvirei.
O lobo e o cordeiro se apascentarão juntos, e o leão comerá palha como o boi; e pó será a comida da serpente. Não farão mal nem dano algum em todo o meu santo monte, diz o Senhor. (Isaías 65:1-25)

segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

SERÁ QUE OS CRENTES ESTÃO ACORRENTADOS PELAS TRADIÇÕES DENOMINACIONAIS?

Tenho certeza que nas igrejas existem muitas pessoas sérias e crentes dedicados a obra de Deus, nunca quero que pensem  que eu não reconheço essa verdade em todas as igrejas evangélicas que existem, MAS, algumas delas (crentes e lideres) ou a maioria, estão completamente presas a acorrentadas como a foto ao lado, pessoas presas em seus pecados de estimação e outras que são lideres, amarradas as tradições eclesiásticas, nós evangélicos falamos tanto dos Católicos Romanos por não seguirem somente a Bíblia e também utilizarem das tradições do passado para criar regras eclesiásticas, que não percebemos que infelizmente hoje andamos no mesmo caminho.

Vejo regras denominacionais amarrando a igreja de Cristo e pior fazendo com que os crentes dividam sua adoração para outras coisas que não a Deus, como por exemplo, defenderem sua denominação como se ela estivesse mais certa que as outras, e ainda, defenderem sem exceção regras que foram criadas por homens, muitas vezes a partir de versículos bíblicos, mas que, não estão no centro da vontade de Deus para aquele momento que a igreja pode estar passando.

Sei que o Nosso Deus é um Deus de ordem, vejam o grande exemplo a construção do tabernáculo, (Êxodo 35 a 39), porém, o que vemos nesses versos é um Deus no controle total, ou seja, Ele manda e Moisés e os demais Israelitas que ele capacitou tem que fazer, aliás, é Deus que capacita e nos dá os dons necessários para fazer sua obra, como o fez com “Bezalel e Aoliabe” (Êxodo 35: 30 à 35), portanto, Ele manda e todos tem que obedecer a Deus e às suas regras e não as dos homens.

A partir do momento que você fica preso às tradições o agir de Deus fica limitado e o que acontece ficamos sujeitos a desviarmos do caminho certo, pois, o caminho certo é o que Deus escreveu, o qual é muitas vezes diferente do caminho que queremos seguir. (Isaías 55. 8 e 9)

Não estou aqui fazendo apologia a bagunça e nem a rebeldia, apenas estou dizendo que: TEMOS QUE DEIXAR DEUS NO CONTROLE DE TUDO DENTRO DAS DENOMINAÇÕES, TEMOS QUE PARAR DE ADMINISTRÁ-LAS COMO EMPRESA QUE TEM QUE CRESCER EM NÚMEROS E MUITAS VEZES PODEM NÃO ESTAR CRESCENDO NA FÉ E COM VERDADEIROS CONVERTIDOS.

DAVI UM DIA ACHOU ERRONEAMENTE EM SEU CORAÇÃO QUE DEVERIA VER SE O SEU POVO ESTAVA CRESCENDO E MANDA SEU CAPITÃO, JOABE, FAZER UM SENSO EM ISRAEL (2º SAMUEL 24), QUANDO DAVI MANDA, VEJAM O QUE JOABE RESPONDE, ESTÁ EM 24. 03: “Joabe, porém, respondeu ao rei: "Que o Senhor teu Deus multiplique o povo por cem, e que os olhos do rei, meu senhor, o vejam! Mas, por que o rei, meu senhor, deseja fazer isso?”. EM OUTRAS PALAVRAS JOABE, USADO POR DEUS, CAPITÃO DE DAVI, FOI CONTRA ELE E DISSE, PORQUE O REI PRECISA DE ESTATÍSTICAS, NÃO É DEUS QUE ESTÁ NO CONTROLE QUE ELE MULTIPLIQUE O POVO SEGUNDO A SUA VONTADE.

O que vemos hoje é um estilo administrativo eclesiástico da maneira que Davi imaginou e acabou pecando feio, tanto que, o resultado foi Deus castigando todo o povo de Israel com uma peste por três (03) dias, está em 2º Samuel 24: 10 a 15, podemos concluir com esse texto, que, a decisão de lideres de acordo com a sua vontade ou com as tradições denominacionais, que sejam, longe da vontade de Deus poderão trazer problemas para o povo de Deus. Ai eu pergunto? não é o que estamos vendo dentro das igrejas hoje, só problemas?

Leiam o Conselho do Apóstolo Paulo sobre algo muito parecido: Colossenses 2.8 - Tenham cuidado para que ninguém os escravize a filosofias vãs e enganosas, que se fundamentam nas tradições humanas e nos princípios elementares deste mundo, e não em Cristo.

Devemos deixar Deus administrar tudo na nossa vida, inclusive na vida das denominações religiosas. (por liroba)

domingo, 8 de dezembro de 2013

Um Missionário ou um Impostor! por Charles Haddon Spurgeon.

Se você estima Cristo como deveria, você se recusaria a abandoná-lo, e a qualquer custo e em qualquer circunstância você defenderia aquilo em que acredita. Você terá de sofrer perdas, seja em posição social ou negócios. Muito bem, faça-o com alegria e deseje poder sofrer até mais por Sua glória! Chega-se até invejar os mártires e sua coroa de rubi que agora se coloca a nosso alcance. Tomemos então as rejeições e repreensões, grandes ou pequenas, que nos possam ser dadas por causa de Jesus. 

Se vocês amam Jesus Cristo, meus irmãos e irmãs, estarão dispostos a fazer sacrifícios por sua causa. Desejo que esse espírito estivesse presente em toda a igreja, que Cristo fosse tão precioso para os santos que eles se consagrassem inteiramente a Ele. Precisamos de consagração pessoal! Já ouvi o conceito dito como “consagração total”; certamente é uma forma excelente de dizer! Aquele que ama Jesus consagra-lhe tudo o que tem e sente prazer em poder oferecer qualquer coisa aos pés daquele que ofereceu sua vida por nós!

Uma vez mais, aquele que realmente tem Jesus em alta estima terá grande consideração por Ele. E assim como os pensamentos são manifestados pela boca, falar-se-á muito dele. Falamos muito de Jesus? Se Ele lhe é tão precioso, você não será capaz de guardar as boas novas para si mesmo. Você a sussurrará no ouvido de seu filho, contará ao seu marido, compartilhará avidamente com seus amigos! Sem o encanto da eloquência, você estará mais eloquente do que nunca. Seu coração falará e seus olhos brilharão enquanto você fala do seu doce amor! 

Todo cristão aqui ou é um missionário ou um impostor. Lembre-se de que ou você está espalhando o Reinado de Cristo ou você não o ama. Não é possível coexistirem uma alta apreciação de Jesus e uma língua inteiramente silenciosa acerca Dele! Claro, não quero dizer que aqueles que usam a caneta por Cristo estão em silêncio; não estão. E aqueles que auxiliam outros no uso da língua ou espalham aquilo que outros escreveram também estão fazendo sua parte. Mas eu quero dizer isto: o homem que diz “creio em Jesus” e não considera Jesus o suficiente a ponto de contar a outros sobre Ele – por boca, caneta ou folhetos – é um impostor! Ou você está agindo bem ou você em si mesmo não bom.

Se você conhece Cristo, você é como aquele que encontrou mel e chamará os demais para saboreá-lo. Você é como os leprosos que acharam o alimento que os Sírios haviam lançado fora, e você irá até Samaria e contar à multidão faminta que você encontrou Jesus e está ansioso para que eles O encontrem também! Seja sábio em sua geração e fale dele em modo e tempo oportuno e em todo lugar proclame o fato de que Jesus é o mais precioso para sua alma!” (Charles Haddon Spurgeon)

quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

CONSELHOS DE JOÃO CALVINO PARA QUANDO FORMOS ORAR:

por Joel Beeke:

Para Calvino, a oração não podia ser realizada sem disciplina. Ele escreveu: “Se não fixarmos certas horas do dia para a oração, ela escapará facilmente de nossa memória”. Ele prescreveu várias regras para orientar os crentes a oferecerem oração fervorosa e eficaz.

1. A primeira é um senso sincero de reverência.

Na oração, precisamos estar “dispostos de coração e mente, como convém àqueles que entram em conversa com Deus”. Nossas orações devem brotar do “fundo de nosso coração”. Calvino recomendava uma mente e um coração disciplinados, afirmando: “As únicas pessoas que se preparam devida e apropriadamente para orar são aquelas que são movidas de tal maneira pela majestade que, livres dos cuidados e afeições terrenos, se aproximam da oração”.

2. A segunda regra é um senso sincero de necessidade e arrependimento.

Temos de “orar com um senso sincero de carência e arrependimento”, mantendo “a disposição de um pedinte”. Calvino não estava dizendo que os crentes devem orar em favor de cada capricho que surge em seu coração, e sim que devem orar penitentemente, de acordo com a vontade de Deus, tendo em foco sua glória e anelando resposta, “com afeição sincera, e, ao mesmo tempo, desejando obtê-la de Deus”.

3. A terceira regra é um senso sincero de humildade e confiança em Deus.

A verdadeira oração exige que “abandonemos toda confiança em nós mesmos e supliquemos humildemente o perdão”, confiando somente na misericórdia de Deus para recebermos bênçãos espirituais e temporais, lembrando sempre que a menor gota de fé é mais poderosa do que a incredulidade. Qualquer outra maneira de nos aproximarmos de Deus promoverá o orgulho, que será letal. “Se reivindicarmos algo para nós mesmos, por mínimo que seja”, estaremos em perigo de destruir a nós mesmos na presença de Deus.

4. A regra final é ter um senso sincero de esperança confiante.

A confiança de que nossas orações serão respondidas não surge de nós mesmos, mas do Espírito Santo agindo em nós. Na vida dos crentes, a fé e a esperança vencem o temor, para que sejamos capazes de pedir “com fé, em nada duvidando” (Tg 1.6). Isso significa que a verdadeira oração é confiante na resposta, por causa de Cristo e do pacto, “pois o sangue de nosso Senhor Jesus Cristo sela o pacto que Deus estabeleceu conosco”. Assim, os crentes se aproximam de Deus com ousadia e entusiasmo porque essa “confiança é necessária à verdadeira invocação… que se torna a chave que nos abre a porta do reino dos céus”.

Opressivas? Inatingíveis?

Essas regras talvez pareçam opressivas — até inatingíveis — em face de um Deus santo e onisciente. Calvino reconheceu que nossas orações estão repletas de fraqueza e imperfeição. Ele escreveu: “Ninguém jamais cumpriu esse dever com a retidão que lhe era devida”. Mas Deus tolera “até o nosso gaguejo e perdoa a nossa ignorância”, permitindo que ganhemos familiaridade com Ele, em oração, embora esta seja pronunciada de “forma balbuciante”. Em resumo, nunca nos sentiremos como pedintes dignos. Nossa inconsistente vida de oração é frequentemente atacada por dúvidas, mas essas lutas mostram nossa necessidade contínua da oração como uma “elevação do espírito” e nos impele sempre a Jesus Cristo, que “transformará o trono da glória terrível em trono da graça”. Calvino concluiu que “Cristo é o único caminho e o único acesso pelo qual temos permissão de ir a Deus”.

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

A IGREJA QUE REALMENTE É DE CRISTO, NÃO TIRA DINHEIRO DO POBRE, MAS O AJUDA A TER UMA VIDA MELHOR EM TODOS OS SENTIDOS.

Vamos lá, caros leitores esse assunto é forte, e entre outros, me deixa indignado, pessoas sem qualquer condição de vida e conforto, sendo enganadas por esses “Pastores de satanás”, que lhe arrancam até o mísero centavo que talvez seria o único dinheiro a ser utilizado para comprar uma cesta básica, ou, até menos que isso.

A função da igreja é, desde o velho testamento ajudar o pobres , as viúvas, os necessitados, os órfãos e os estrangeiros (para nós os de fora podemos entender como os que ainda não são  convertidos e você sabe que necessitam), justamente com as ofertas e dízimos que eram dadas para os levitas e sacerdotes, querem ver no velho testamento textos que esses “Pastores de satanás”, não lêem na televisão ou no púlpito quando pedem dinheiro como uma prostituta (usei esse termo porque no livro de Oséias é esse o termo que Deus usa para se referir aos Israelitas que estavam se prostituindo com outros deuses e Deus manda o profeta casar-se com uma prostituta, Oséias 1. 2-3) que cobra por tudo.

Vamos aos textos do velho testamento que os pastores da prosperidade NÃO usam para pedir “propina gospel”:

DEUTERONÔMIO –
14: 28 e 29: - Ao fim de três anos tirarás todos os dízimos da tua colheita no mesmo ano, e os recolherás dentro das tuas portas; Então virá o levita (pois nem parte nem herança tem contigo), e o estrangeiro, e o órfão, e a viúva, que estão dentro das tuas portas, e comerão, e fartar-se-ão; para que o Senhor teu Deus te abençoe em toda a obra que as tuas mãos fizerem.

26. 12: - Quando acabares de separar todos os dízimos da tua colheita no ano terceiro, que é o ano dos dízimos, então os darás ao levita, ao estrangeiro, ao órfão e à viúva, para que comam dentro das tuas portas, e se fartem;

OS TEXTOS ACIMA SÃO BEM CLAROS NA FINALIDADE DOS DÍZIMOS E AONDE ELES DEVEM ESTAR, "dentro das tuas portas", OU SEJA, SEPARAVA-SE OS DÍZIMOS DE TRÊS EM TRÊS ANOS (veja bem!) E JUNTAVA-SE EM UM LOCAL E VIRIAM OS NECESSITADOS E ENTRE ELES OS LEVITAS. 

EXISTEM MAIS TEXTOS COM ESSE MESMO SENTIDO NO VELHO TESTAMENTO, FALANDO DOS DÍZIMOS E OFERTAS AOS LEVITAS, QUE TEM COMO FINALIDADE A ALIMENTAÇÃO DA PRÓPRIA PESSOA QUE VAI DAR AS OFERTAS, POIS MUITAS VEZES FAZIAM UMA VIAGEM MUITO LONGA ATÉ O TEMPLO ONDE IAM LEVAR AS OFERTAS A DEUS E AI A PRÓPRIA PESSOA COMERIA A OFERTA JUNTAMENTE COM OS NECESSITADOS E LEVITAS.

VAMOS COLOCAR UM TEXTO DO NOVO TESTAMENTO QUE ESTÁ NA EPÍSTOLA DE TIAGO, IRMÃO DE JESUS:

TIAGO 1.27:-A religião pura e imaculada para com Deus e Pai, é esta: Visitar os órfãos e as viúvas nas suas tribulações, e guardar-se da corrupção do mundo.(SANTIDADE)

BEM GENTE O QUE A FOTO DIZ (Uma igreja afastada do pobre é uma igreja de costas para Deus) É A MAIS PURA VERDADE E GRANDE PARTE DAS DENOMINAÇÕES RELIGIOSAS QUE SE DIZEM IGREJAS HOJE, AO MENOS FALHAM NESSA PARTE E PIOR, ALGUMAS, AO INVÉS DE SE AFASTAREM DO POBRE OS EXPLORAM COM UM SISTEMA DE ESTELIONATO GOSPEL.

O MEU CONSELHO É; VAMOS SAIR PARA “FORA DO ARRAIAL”, OU SEJA, SAIAMOS DO INTERIOR DAS IGREJAS E VAMOS MOSTRAR AO MUNDO QUE SOMOS CRISTÃOS DE VERDADE E QUE SER GOSPEL, COMO MOSTRA NA TELEVISÃO, NÃO TEM NADA HAVER COM O VERDADEIRO CRISTIANISMO, QUE IMPORTA EM PREGAR O EVANGELHO A TODA CRIATURA E AJUDAR OS NECESSITADOS EM TODOS OS SENTIDOS. (por liroba).
ASSISTAM ESSE VÍDEO QUE MOSTRA EXATAMENTE O QUE FOI DITO ACIMA:

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

MANÁ O PÃO DE DEUS QUE DESCE DO CÉU, CAI ATÉ HOJE NUMA REGIÃO DA AFRICA, ASSISTA E VEJA AS FOTOS DO LOCAL.

Voce acredita em milagres modernos? E em milagres antigos nos dias de hoje? Veja esse testemunho com o Pr. Gerson Pires falando sobre o Maná que ainda cai na África nos dias de hoje. Esse vídeo é para revigorar sua fé, compartilhe.

terça-feira, 12 de novembro de 2013

ECUMENISMO SOU E SEMPRE SEREI CONTRA, VEJAM, ALGUNS MOTIVOS:

Ev. João 14:6-Respondeu Jesus: "Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai, a não ser por mim.

JESUS É O ÚNICO CAMINHO, SOMENTE ATRAVÉS DELE, RECONHECENDO-O COMO SENHOR E SALVADOR DAS NOSSAS ALMAS E ENTENDENDO A SUA MORTE DE CRUZ, É QUE CHEGAREMOS A DEUS E UM DIA, APÓS A NOSSA MORTE, IREMOS VIVER NA ETERNIDADE COM JESUS SENDO O NOSSO REI E SACERDOTE SUPREMO, VIVO E FISICAMENTE EM GLÓRIA NOS GOVERNANDO.

ECUMENISMO É ENGANO, POIS, PREGA QUE TODOS OS CAMINHOS LEVAM A DEUS, ISSO É MENTIRA, BLASFÊMIA E HERESIA.

SÓ EXISTE UM CAMINHO, JESUS, A PARTIR DAI PODEMOS AFIRMAR:

1-BOAS OBRAS NÃO LEVAM NINGUÉM A SALVAÇÃO ETERNA, A BÍBLIA CHAMA NOSSAS BOAS OBRAS (ou obras de justiça) DE TRAPOS DE IMUNDÍCIA, OU SEJA, PANO QUE COBRE FERIDA PURULENTA (Isaías – 64:6);

2-O JESUS VERDADEIRO A SER PREGADO É SOMENTE O QUE ESTÁ DESCRITO NA BÍBLIA, NOS EVANGÉLHOS (Mateus, Marcos, Lucas, João);

3-SE NÃO NOS TORNARMOS NOVAS CRIATURAS E IMITADORES DE CRISTO MEDIANTE A REGENERAÇÃO FEITA PELA GRAÇA DE DEUS, ATRAVÉS DE SEU ESPÍRITO SANTO, NÃO ESTAMOS NO CAMINHO DA SANTIFICAÇÃO E NUNCA VEREMOS A DEUS (Hebreus 12. 14);

4-SENÃO CRERMOS QUE A BÍBLIA DIZ A VERDADE E FOI INSPIRADA POR DEUS MEDIANTE SEU ESPÍRITO SANTO, A HOMENS ELEITOS E CHAMADOS POR DEUS PARA ISSO, ESTAREMOS EM OUTRO CAMINHO. ETC...


O ÚNICO “ECUMENISMO” VERDADEIRO É O DA UNIÃO DO CORPO DE CRISTO, QUE SÃO OS VERDADEIROS CRISTÃOS, QUE REPRESENTAM A VERDADEIRA IGREJA ESPIRITUAL E QUE NÃO TEM NADA HAVER COM PRÉDIOS E DENOMINAÇÕES. PORTANTO, SE ACHAMOS QUE CREMOS NA BÍBLIA, MAS, TEMOS ATRAÇÃO POR OUTRAS RELIGIÕES QUE PROFESSÃO UM JESUS DIFERENTE, NÃO SOMOS CRISTÃOS E NUNCA FOMOS CONVERTIDOS. (por liroba)

terça-feira, 5 de novembro de 2013

“ADONAI-IAVÉ” (DEUS SOBERANO) - VOCÊ RECONHECE ESSA VERDADE EM SUA VIDA?


Falar que Deus é Senhor da sua vida e que ele é soberano em todas as coisas é fácil e até mesmo comum entre os Cristãos, mas será que todos vivem o que falam e reconhecem essa soberania.


SOBRE A SOBERANIA DE DEUS EM TUDO E EM TODOS, ISAÍAS DIZ O SEGUINTE:
ISAÍAS 46. 9-10
9-Lembrai-vos das coisas passadas desde a antiguidade; que eu sou Deus, e não há outro Deus, não há outro semelhante a mim. 10-Que anuncio o fim desde o princípio, e desde a antiguidade as coisas que ainda não sucederam; que digo: O meu conselho será firme, e farei toda a minha vontade.

DEUS ESTÁ NO CONTROLE DE TUDO E DE TODOS, SABE O FIM DESDE O PRINCÍPIO, SEUS PROPÓSITOS NA SUA DIMENSÃO ATEMPORAL, POIS, DEUS É O SENHOR DO TEMPO, JÁ SE REALIZARAM (todos os seus propósitos), INDEPENDENTE DE QUALQUER COISAS QUE POSSAMOS FAZER PARA ATRAPALHAR.

 NOSSAS VONTADES  QUE NASCEM NUM CORAÇÃO ENGANOSO, EM NADA PODEM ALTERAR OS PLANOS DE DEUS, PODEM SIM, NOS FAZER AFASTAR TEMPORARIAMENTE DELE E AI IREMOS SOFRER SEM A PROTEÇÃO, PRESENÇA E AMOR DE DEUS NOS GUIANDO, MAS, MESMO ASSIM ELE CONTINUA NO CONTROLE  SEMPRE.

ESSA SOBERANIA DEVE SER RECONHECIDA EM TODOS OS MOMENTOS, QUANTOS DE NÓS QUANDO RECEBEMOS ALGO QUE ESPERAVAMOS A MUITO TEMPO, SIMPLESMENTE LÁ NO ÍNTIMO PENSAMOS QUE DE ALGUMA FORMA NÓS COLABORAMOS COM DEUS, PARA QUE ESSA BENÇÃO TENHA ACONTECIDO.

SE VOCÊ LEITOR ALGUMAS VEZES NA VIDA, COMO EU, JÁ FEZ ISSO, PEÇA PERDÃO IMEDIATAMENTE, POIS, VOCÊ COM ESSA ATITUDE FOI REBELDE E IDOLATRA, ISSO MESMO, IDOLATRA, POIS ADOROU A SI MESMO POR UM PEQUENO (ou grande) MOMENTO. NÃO ESQUEÇA JAMAIS QUE SUAS ÍNFIMAS, PEQUENAS E INSIGNIFICANTES BOAS ATITUDES, FORAM TODAS INSPIRADAS PELO ESPÍRITO SANTO DE DEUS.

VEJA O CONSELHO DE MOISÉS AO POVO DIAS ANTES DE ENTRAREM NA TERRA PROMETIDA E RECEBEREM A BENÇÃO, QUE POR QUARENTA ANOS, DEUS TRABALHOU NELES NO DESERTO PARA QUE, UMA PRÓXIMA GERAÇÃO SE TORNASSE DIGNA DA PROMESSA.
Deuteronômio 8. 17-18-
17-Não digam, pois, em seu coração: "A minha capacidade e a força das minhas mãos ajuntaram para mim toda esta riqueza".18-Mas, lembrem-se do Senhor, do seu Deus, pois é ele que lhes dá a capacidade de produzir riqueza, confirmando a aliança que jurou aos seus antepassados, conforme hoje se vê.

PORTANTO, NUNCA ESQUEÇAMOS QUE DEUS É SOBERANO EM TODAS AS COISAS E QUE ELE ESTÁ NO CONTROLE DE TUDO, QUANDO ESTAVAMOS FRACOS, FOI A MÃO PODEROSA DE DEUS QUE NOS SUSTEVE E NOS ENCHEU DE SUA FORÇA PARA VENCERMOS OS DESAFIOS DA VIDA E AGORA PODERMOS ESTAR FELIZES E COM A VITÓRIA QUE NÃO É NOSSA MAIS DE DEUS QUE POR SUA MISERICÓRDIA NOS GUIOU, PERDOOU E NOS DEU TODOS OS MEIOS NECESSÁRIOS PARA CHEGARMOS A ELA.

POR FIM, ESTÁ TUDO MUITO BEM, GLORIFIQUE A DEUS, ESTÁ TUDO MUITO RUIM E DIFÍCIL, GLORIFIQUE A DEUS, POIS, TODA HONRA GLÓRIA E LOUVOR SOMENTE A ELE, PORQUE, ELE É SOBERANO EM NOSSA VIDA, AMÉM! (por liroba)

sexta-feira, 18 de outubro de 2013

ESSA DEVERIA SER A ORAÇÃO DA BOCA DE TODOS OS QUE SE DIZEM CRISTÃO VERDADEIROS:

"Duas coisas peço que me dês antes que eu morra:
Mantém longe de mim a falsidade e a mentira; Não me dês nem pobreza nem riqueza; dá-me apenas o alimento necessário.
Se não, tendo demais, eu te negaria e te deixaria, e diria: ‘Quem é o Senhor? ’ Se eu ficasse pobre, poderia vir a roubar, desonrando assim o nome do meu Deus." (Provérbios 30:7-9)

SERÁ QUE NAS IGREJAS EVANGÉLICAS DE HOJE ESTÃO INCENTIVANDO OS CRISTÃOS A ORAR DESSA FORMA? EU PELA GRAÇA E MISERICÓRDIA DE DEUS, ORO ASSIM (e você?), DESDE QUE EU SENTI A PRESENÇA E A MÃO DE DEUS NA MINHA VIDA, SOMENTE A GRAÇA DELE É SUFICIENTE PARA ME SATISFAZER E FAZER VIVER UM DIA DE CASA VEZ, O AMANHÃ PERTENCE A DEUS E ELE PROVERÁ, AQUILO QUE FOR SUFICIENTE PARA MINHA VIDA. CHEGA DE PREGAÇÕES VISANDO VITÓRIA E PROSPERIDADE.

ASSISTA O VÍDEO ABAIXO:


segunda-feira, 14 de outubro de 2013

CALVINISMO A ÚNICA DOUTRINA QUE SE APRENDE PRIMEIRO COM O ESPÍRITO SANTO - DEPOIS COM OS LIVROS E A FACULDADE DE TEOLOGIA. - POR JOHN PIPER


EU DESCOBRI O CALVINISMO LENDO AS EPISTOLAS DE PAULO E O LIVRO DE ÊXODO - SEM MESMO SABER QUE ESSA DOUTRINA TINHA UM NOME - CALVINISTA.


Charles Spurgeon nunca cursou faculdade, muito menos seminário. Mas aos vinte anos ele sabia mais de teologia bíblica do que muitos pastores de hoje. De onde ele tirou tanta sede pelo estudo independente? E como ele veio a estimar as doutrinas da graça soberana que nós temos considerado nas últimas três semanas? Aqui está uma lição surpreendente de sua Autobiografia (ainda sem tradução em português).

As primeiras lições que eu tive sobre teologia vieram de uma velha cozinheira na escola em Newmarket, onde eu era professor-assistente. Ela era uma boa alma, e costumava ler The Gospel Standard (O Padrão do Evangelho - livre tradução; antigo periódico cristão). Ela realmente gostava de algo muito doce, a doutrina Calvinista boa e forte, mas ela viveu de maneira forte, assim como se alimentou de maneira forte. Muitas vezes conversamos sobre o pacto da graça, e falamos da eleição pessoal dos santos, de sua união com Cristo, de sua perseverança final, e do que a piedade vital significava; e eu acredito que aprendi mais com ela do que teria aprendido com quaisquer seis doutores em divindade, desses tipos que temos nos dias de hoje.

Existem alguns cristãos que provam, e vêem, e apreciam a religião em suas próprias almas, e que alcançam um conhecimento muito mais profundo dela, mais do que os livros jamais poderiam lhes proporcionar, embora eles busquem todos os seus dias. A cozinheira de Newmarket era uma experiente e piedosa mulher, de quem eu aprendi muito mais do que do ministro da capela que nós frequentávamos. Eu uma vez perguntei a ela: "Por que você vai a esse tipo de lugar?" Ela respondeu: "Bem, não existe outro lugar de adoração ao qual eu possa ir." Eu disse: "Mas deve ser melhor ficar em casa do que ouvir certas coisas." "Talvez sim," ela respondeu; "Mas eu gosto de ir adorar mesmo que eu não receba nada por isso. Você vê uma galinha às vezes ciscando por todo um monte de entulho para tentar encontrar algum milho; ela não encontra nenhum, mas isso mostra que ela está procurando por ele, e usando de meios para consegui-lo, e assim, também, este exercício a está aquecendo."

Então, a velha senhora disse que aquele ato de ciscar exercitava suas faculdades espirituais e aquecia seu espírito. Em outra ocasião, eu disse a ela que eu não havia encontrado uma só migalha em um sermão todo, e perguntei como ela tinha se saído. "Oh!" ela respondeu, "eu me saí melhor esta noite, pois para tudo o que o pregador disse, eu simplesmente adicionei um não, e isso transformou suas palavras no verdadeiro evangelho."

Grato pelas cozinheiras em minha própria vida, Pastor John

quarta-feira, 9 de outubro de 2013

EM QUEM VOCÊ CONFIA EM DEUS OU NO DINHEIRO?

AS RIQUEZAS SUBSTITUEM DEUS NA VIDA DAS PESSOAS QUE EFETIVAMENTE TEM DINHEIRO EM ABUNDÂNCIA, POIS, TRAZEM UMA FALSA SENSAÇÃO DE SEGURANÇA, PAZ, PODER E TRANQUILIDADE.

POR ESSE MOTIVO QUE JESUS DISSE EM MATEUS 6. 24 Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de odiar a um e amar o outro, ou há de dedicar-se a um e desprezar o outro. Não podeis servir a Deus e às riquezas.

QUANDO COLOCAMOS NOSSOS OLHOS NAQUILO QUE POSSUÍMOS E ACHAMOS QUE ISSO REPRESENTA A GRAÇA DE DEUS EM NOSSA VIDA, ESTAMOS SENDO COMO OS JUDEUS FARISAICOS NA ÉPOCA DE JESUS QUE MEDIAM A FÉ DAS PESSOAS COM AQUILO QUE ELAS TINHAM, POIS, SE ERAM RICAS ELES ENGANOSAMENTE CRIAM QUE ERA PORQUE DEUS AS ESTAVA ABENÇOANDO. A BENÇÃO DE DEUS É MUITO MAIOR QUE UMA MANSÃO E UM CARRÃO!!!

JESUS DISSE QUE É MAIS FÁCIL UM CAMELO PASSAR POR UM BURACO DE AGULHA DO QUE UM RICO ENTRAR NO REINO DE DEUS (MATEUS 19.24).

POR SUA VEZ A BÍBLIA DIZ QUE O DINHEIRO EM SI NÃO É MAL, MAS É O AMOR AO DINHEIRO E  EU COMPLETO A CONFIANÇA, ADORAÇÃO AO DINHEIRO QUE É A RAIZ DE TODOS OS MALES, OU SEJA, ATRAVÉS DO DINHEIRO QUE É A RAIZ, NASCE E CRESCE TODOS OS TIPOS DE MALES.
PAULO DIZ CLARAMENTE ISSO AO SEU FILHO NA FÉ TIMÓTEO, QUANDO ELE O MANDA CUIDAR DE UMA IGREJA EM ÉFESO, ESTÁ EM 1º TIMÓTEO 6. 10 Porque o amor ao dinheiro é raiz de todos os males; e nessa cobiça alguns se desviaram da fé, e se traspassaram a si mesmos com muitas dores. VEJAM O QUE O APÓSTOLO PAULO DIZ, QUE NA COBIÇA, GANÂNCIA, DESEJO DESEMFREADO DE TER MAIS DINHEIRO, AS PESSOAS SE DESVIARAM DA FÉ, OU SEJA, SE AFASTARAM DE DEUS, E COM ISSO, TROUXERAM MUITAS DORES PARA A VIDA DELAS, E NO TEXTO ASEGUIR O IRMÃO DE JESUS, TIAGO DIZ EM SEU LIVRO, CAPÍTULO 5, DO 1 ao 4, O SEGUINTE:
TIAGO 5.
1-Ouçam agora vocês, ricos! Chorem e lamentem-se, tendo em vista a miséria que lhes sobrevirá.
2-A riqueza de vocês apodreceu, e as traças corroeram as suas roupas.
3-O ouro e a prata de vocês enferrujaram, e a ferrugem deles testemunhará contra vocês e como fogo lhes devorará a carne. Vocês acumularam bens nestes últimos dias.
4-Vejam, o salário dos trabalhadores que ceifaram os seus campos, e que por vocês foi retido com fraude, está clamando contra vocês. O lamento dos ceifeiros chegou aos ouvidos do Senhor dos Exércitos.

BEM O TEXTO É BEM CLARO, SE AQUELE QUE TEM DINHEIRO O USA PARA A GLÓRIA DE DEUS E NÃO PARA A SUA GANÂNCIA, SOBERBA E PODER, AGRADA A DEUS, PORQUE AMA MAIS ELE QUE O DINHEIRO, MAS NO CASO CONTRÁRIO A IRÁ DE DEUS VIRÁ UM DIA SOBRE ESSA PESSOA, PORQUE, SEGUNDO O PROFETA ISAÍAS, DEUS PODE SIM SE TORNAR O PIOR INIMIGO DE ALGUÉM, LEIAM – ISAÍAS 63. 10 - Apesar disso, eles se revoltaram e entristeceram o seu Espírito Santo. Por isso ele se tornou inimigo deles e lutou pessoalmente contra eles. (por liroba)

segunda-feira, 7 de outubro de 2013

QUEBRANDO TODA A RELIGIOSIDADE EM TORNO DO DINHEIRO E A FÉ CRISTÃ, ASSISTAM:


QUEM TIVER TEMPO ASSISTA A AULA ABAIXO E DEPOIS RESPONDA ESSA PERGUNTA, COMO PODEMOS CRER QUE DEUS CONCORDA QUE UMA PESSOA QUE GANHA POUCO MAIS QUE R$ 600,00, E TENHA FILHOS PARA CUIDAR, TIRE DESSE SEU MISERO SALÁRIO 10% PARA DAR A UMA IGREJA QUE NÃO ESTÁ NECESSITANDO? 

DIZIMO - ESTÁ LEVANDO OS PASTORES A CONFIAREM MAIS NO DINHEIRO QUE EM DEUS. O NOSSO DEUS É O DONO DO OURO E DA PRATA, E NÃO PRECISA DE DINHEIRO, ELE EXIGE OBEDIÊNCIA, FIDELIDADE, CONFIANÇA. 

Alias em Malaquia 3.8 e 9, fala justamente que os Judeus estavam roubando a Deus na obediência e confiança, basta ler o livro todo de Malaquias fazer uma analise exegética séria e vc verá.

Ah! antes que eu me esqueça o devorador é um gafanhoto e não um demônio, mesmo que fosse um "capetão que come dinheiro", não esqueçamos que Jesus nos deu autoridade sobre TODOS os demônios independente do que dizimarmos ou ofertarmos - LUCAS 9.1 - Reunindo os doze, deu-lhes poder e autoridade sobre todos os demônios, e para curarem doenças. 

SE DEUS É O JEOVÁ JIREH, PORQUE OS PASTORES CONFIAM MAIS NOS DÍZIMOS DO QUE EM DEUS,POIS, SE DEUS QUISER QUE UMA IGREJA FIQUE FIRME E CRESÇA ELE IRÁ TOCAR OS CORAÇÕES DAS PESSOAS PARA OFERTAREM O QUE FOR SUFICIENTE, PARA MANTER O LOCAL.

BEM É O QUE EU ACHO E NESSA AULA ESTÁ EXAUSTIVAMENTE COMPROVADO COM A PALAVRA DE DEUS.

quinta-feira, 3 de outubro de 2013

MARIA NÃO ESMAGOU A CABEÇA DA SERPENTE E NÃO TEM AUTORIZAÇÃO DE JESUS PARA INTERCEDER POR NÓS, LEIAM:

ANTES DE ENTRAR NESSE ASSUNTO, QUE É MUITO DELICADO, QUERO DEIXAR BEM CLARO, QUE EU CONHEÇO IRMÃOS MEUS CATÓLICOS QUE SÃO MUITO MAIS SANTOS QUE ALGUNS FALSOS CRENTES QUE EU VEJO POR AI, NAS IGREJAS EVANGÉLICAS, ESSES VERDADEIROS CRISTÃOS QUE SÃO CATÓLICOS ROMANOS QUE EU REPITO CONHEÇO PESSOALMENTE COLOCAM DEUS (PAI, FILHOS E ESPÍRITO SANTO) ACIMA DE TUDO E DE TODOS, INCLUSIVE DOS SANTOS DE SUA DEVOÇÃO E DE MARIA.

DITO ISSO, RESOLVI FAZER ESSA POSTAGEM, POIS, QUERO MOSTRAR TEOLOGICAMENTE O QUE A BÍBLIA DIZ SOBRE ESSES DOIS ASSUNTOS: 

MARIA PISAR A CABEÇA DA SERPENTE, COMO SEGUNDA EVA E INTERCEDER POR NÓS. 

COM RELAÇÃO E ELA SER BEM-AVENTURA ENTRE AS MULHERES ISSO EU NÃO NEGO, PORQUE, JESUS DISSE NO SERMÃO DA MONTANHA, QUEM SERÃO BEM-AVENTURADOS EM PRINCIPAL EU COLOCO O VERSO 3 DE MATEUS 5 - 3 Bem-aventurados os humildes de espírito, porque deles é o reino dos céus. MARIA FOI HUMILDE, FIEL, OBEDIENTE E AMAVA A DEUS ACIMA DE TODAS AS COISAS, EXEMPLO PARA TODOS NÓS, COMO ABRAÃO FOI UM EXEMPLO DE FÉ AO ENTREGAR SEU FILHO EM SACRIFÍCIO, NO MONTE MORIÁ.

PORTANTO, TODOS QUE SOMOS CRISTÃOS VERDADEIROS, SEGUINDO A CRISTO E O IMITANDO, SOMOS BEM-AVENTURADOS, PORQUE, ESTAMOS NO CAMINHO DA SANTIFICAÇÃO E IREMOS VER AO SENHOR UM DIA. EU GRAÇAS A DEUS E SUA MISERICÓRDIA QUE ME RESGATOU DO LAMAÇAL DE PECADO QUE EU VIVIA, EU ME CONSIDERO - BEM-AVENTURADO ENTRE OS HOMENS.


ENTÃO VAMOS AO ASSUNTO: 

1- MARIA PISOU A CABEÇA DA SERPENTE? NÃO.

TEOLOGICAMENTE E BIBLICAMENTE – VOU MONSTRAR A VERDADE – ESPERO QUE VOCÊ LEITOR, PEGUE A SUA BÍBLIA E ACOMPANHE MINHAS AFIRMAÇÕES:

GENESIS 3.15 - Porei inimizade entre ti e a mulher, e entre a tua descendência e a sua descendência; ESTE ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o calcanhar.(VERSÃO COM A TRADUÇÃO CORRETA DO HEBRAICO). 
COMECEMOS COM O TERMO EXATO DO HEBRAICO QUE É MASCULINO E NÃO FEMININO, NA VULGATA ESTÁ "ELA" E NÃO "ELE", QUE SERIA O CORRETO.

-Ele há de te esmagar..." ; o hebraico, portanto, refere-se aqui ao re­bento ou à descendência da mulher, não à mulher ou a Maria. Não obstante, a Igreja conserva o pronome feminino do texto da Vul­gata e o ilustra por meio de estátuas da Virgem a esmagar a serpente -PORTANTO TÁ ERRADO A TRADUÇÃO DA VULGATA QUE É UTILIZADA PELOS CATÓLICOS ROMANOS.

AQUI EU EXPLICO O QUE SIGNFICA O TERMO CORRETO ESTE, OU SEJA – “a tua descendência” QUE É -JESUS-, O ÚNICO QUE DESCEU AO INFERNO E VENCEU A SATANÁS, OU OS TEXTOS DE PEDRO E DE EFÉSIOS TÃO ERRADOS (E OS TEÓLOGOS ROMANOS IGNORAM), QUANDO DIZEM QUE JESUS DESCEU AO INFERNO – LEIAM EFÉSIOS 4. 8-10 E 1º PEDRO 3. 18 a 20 – JESUS É REI NO INFERNO TAMBÉM, POIS, PEGOU AS CHAVES TOMANDO-AS DAS MÃOS DE SATANÁS – LEIA APOCALIPSE 1.18. 


2-JESUS AUTORIZA MARIA INTERCEDER POR NÓS? NÃO.

MARIA NÃO TEM AUTORIZAÇÃO PARA INTERCEDER POR NÓS PERANTE JESUS, POIS, ELE MESMO AFIRMOU ISSO, QUEREM VER: 

(BODAS DE CANÁ) JOÃO 2. 1 Três dias depois, houve um casamento em Caná da Galiléia, e estava ali a mãe de Jesus;2 e foi também convidado Jesus com seus discípulos para o casamento.3 E, tendo acabado o vinho, a mãe de Jesus lhe disse: Eles não têm vinho.4 Respondeu-lhes Jesus: MULHER, QUE TENHO EU CONTIGO?

AQUI MARIA FOI TENTAR INTERCEDER PELO DONO DA FESTA DO CASAMENTO, QUANDO O VINHO ACABA, QUAL FOI A RESPOSTA DE JESUS, EU NÃO TENHO NADA CONTIGO, NÃO PRECISA INTERCEDER EU SEI O QUE TENHO QUE FAZER, VÃO ME DIZER QUE NÃO FOI ISSO QUE JESUS QUIS DIZER. 

PARA TERMINAR, VOLTEMOS AO TEXTO DE GENESIS 3. 15, PARTE FINAL – “tu lhe ferirás o calcanhar” SATANÁS ATRAVÉS DA MULHER (Mariolatria) IRÁ “FERIR” O CALCANHAR DAQUELE QUE FERIU A SUA CABEÇA, OU SEJA, ELE IRÁ, ATRAVÉS DE UM ARDIL DEMONIACO, QUERER TOMAR OS LOUROS DA VITÓRIA DE JESUS E FAZER COM QUE MUITOS SE ENGANEM E ADOREM A MULHER (MARIA) E COLOQUEM-NA ACIMA DO NOSSO ÚNICO INTERCESSOR, SALVADOR QUE É JESUS CRISTO. 

IRMÃOS CATÓLICOS ROMANOS, VOCÊS ME CONHECEM E SABEM QUE EU SOU UMA PESSOA QUE AO ME CONVERTER EU FUI ESTUDAR, A BÍBLIA E TEOLOGIA, PARA VER O QUE REALMENTE É CERTO OU É ENGANO DE HOMENS, DEUS COMO SUA MISERICÓRDIA ME DÁ SUA GRAÇA E SABEDORIA PARA QUE EU VEJA SEM PRECONCEITO A VERDADE. 
DENTRO DA IGREJA CATÓLICA TÁ CHEIO DE CRISTÃOS VERDADEIROS, MAS INFELIZMENTE TAMBÉM TÁ CHEIO DE FALSOS QUE SÃO IDOLATRAS, COMO NA IGREJA EVANGÉLICA, ALIÁS A IDOLATRIA NA IGREJA EVANGÉLICA É AINDA MAIS SUTIL E PERIGOSA. ME PERDOEM SE OFENDI ALGUÉM COM ESSA VERDADE BÍBLICA E EXEGÉTICA. (POR LIROBA)

quarta-feira, 2 de outubro de 2013

ACORDEM IGREJAS - ESSE TEXTO NÃO É DE MINHA AUTORIA MAIS É TUDO QUE DEUS TEM FALADO EM MEU CORAÇÃO NOS ÚLTIMOS TEMPOS, É TEMPO DE ARREPENDIMENTO E DESPESTAR SENÃO O JUÍZO VIRÁ SOBRE A CASA DE DEUS.


Existe um clamor vindo dos céus, rompendo as barreiras humanas e destronando os principados e potestades comovendo o coração da igreja para um retorno ao puro evangelho. Este clamor aponta para uma retomada de posição diante das blasfemas posturas assumidas por aqueles que tentam facilitar as decisões diante de Deus. Deus não se rebaixa para mudar seus padrões, mas eleva o homem para que este consiga viver no padrão dEle.

O que temos visto é um evangelho sem cruz e evangelho sem cruz não pode provocar arrependimento e contrição necessários para salvação. A banalização e a idiotização do evangelho tem levado a igreja para sarjeta moral, cultural e social. Nossos cantores gospel estão embriagados com as possibilidades de sucesso, vários pastores perderam a simplicidade da Palavra e estão drogados por números, as igrejas estão poluídas por uma teologia espúria e anti-bíblica. Pregadores da prosperidade envergonham e denigrem o Santo Evangelho do Senhor Jesus Cristo e o pior é que o povo de Deus tem sacrificado suas mentes, valores e princípios no altar do pragmatismo, de Mamon e da vida fácil. Nossos cultos tendem a ser festivos e atrativos para que as pessoas se sintam bem em nossos ambientes. Muitos pastores são ávidos em oferecer as bênçãos de Deus como se esse fosse o caminho real para uma transformação de vida. O que precisa ficar bem claro para todos é que não existem bençãos sem primeiro passar pela Cruz. Sem Cruz não existe vida cristã. Sem vida cristã andamos em círculos espiritualmente.

Metanoia é a palavra da vez. Metanoia deve ser para o ímpio e para o cristão. Nunca foi tão urgente um arrependimento em largas proporções. Para o cristão urge um arrependimento de obras mortas. De obras e comportamentos que ofendem a Deus. Uma Metanoia capaz de rasgar o coração e desnudar perante Deus nossas intimidades, pecados, pensamentos e sentimentos. Neste nível veremos um grande despertamento na igreja. Veremos o Espírito apontar para Jesus Cristo e engrandecê-lo. Veremos e experienciaremos uma comoção social de tal proporção que milhares e milhares virão aos pés do Salvador. Ou acordamos agora e damos meia volta ou veremos o juízo começar pela casa de Deus.

Que nós pastores alcancemos arrependimento pela nossa indiferença, descrença e abandono das verdades fundamentais da Palavra. Que choremos pelos nossos pecados. Que nós ministros do altar derramemos lágrimas diante do Todo Poderoso e alcancemos corações puros pelo Sangue de Jesus. Que voltemos a pregar o Evangelho sem fazermos barganhas para enchermos nossas igrejas. Que sejamos intransigentes com os valores do Reino e apontemos a suficiência da Palavra e do Salvador para as necessidades dos homens. Que primeiro nos alimentemos da Palavra para depois termos alimento para darmos ao povo. Que paguemos o preço de sermos a voz que clama no deserto, mas que sejamos íntegros diante dos descalabros apresentados. Que sejamos os modelos de humildade, justiça e de santidade.

Que a igreja se arrependa de ser tão mundana em nossos dias. Que a presença de Cristo seja real em nossos cultos. Que nossa adoração seja verdadeira e espiritual e não espetáculos para engrandecimento de homens e do sistema. Que olhemos para Jesus autor e consumador da nossa fé. Que a igreja seja limpa de mãos e pura de coração para subir ao monte do Senhor. Que intimidade do Senhor seja realidade para aqueles que O temem.

Que venha sobre nós a chuva do Espírito. Que Deus orvarlhe sobre nós Sua Graça e que nos encharquemos dela. Que a igreja tenha um só coração e mente para servir somente a Cristo e entronizá-lo como Senhor.

Soli Deo Glória.

Pr. Luiz Fernando R. de Souza

segunda-feira, 30 de setembro de 2013

sábado, 28 de setembro de 2013

SIM PODEMOS JULGAR? MAS......

Sim, podemos JULGAR, desde que, seu julgamento esteja amparado na sã Doutrina e que você o faça segundo a Justiça Divina (João 7.24 final) e seja expresso nas escrituras e o principal que Deus te vocacione e capacite para isso através de um ministério apologético.

O que disse Jesus sobre isso: 
"Não julgueis segundo a aparência, mas julgai segundo a reta justiça." (João 7:24).
O escreveu o apóstolo Paulo: 
"Não sabeis vós que os santos hão de julgar o mundo? Ora, se o mundo deve ser julgado por vós, sois porventura indignos de julgar as coisas mínimas? Não sabeis vós que havemos de julgar os anjos? Quanto mais as coisas pertencentes a esta vida? " (1 Coríntios 6:2-3).

Logicamente a responsabilidade é muito grande, pois, na mesma medida que julgarmos seremos julgados, por isso, tem que haver sempre uma direção de Deus para edificação e não apenas um juízo crítimo para denegrir a imagem de alguém ou alguma instituição, bem é o que eu acho. (por liroba).

segunda-feira, 23 de setembro de 2013

EU NÃO MEREÇO A SALVAÇÃO!



EU NÃO MEREÇO E NUNCA VOU MERECER A SALVAÇÃO É POR ISSO QUE A SALVAÇÃO É PELA GRAÇA DE DEUS (UM FAVOR QUE NÃO MERECEMOS) - todos nós nos afastamos de Deus devido ao nosso egoismo e carnalidade. Veja o que o Apóstolo Paulo Diz: em Romanos 3.23 e 24 - 23 Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus; 24 sendo justificados gratuitamente pela sua graça, mediante a redenção que há em Cristo Jesus. 

Para o padrão da Deus que é Jesus, a nossa maior atitude de bondade é lixo. FALANDO DE BOAS OBRAS SEM RECONHECER JESUS COMO DEUS E ÚNICO REDENTOR E SALVADOR (O JESUS DOS EVANGELHOS), SABEM O QUE ESSAS OBRAS BOAS SIGNIFICAM PARA DEUS, LEIAM O QUE O PROFETA ISAÍAS DISSE, EM ISAÍAS 64. 6 - Pois todos nós somos como o imundo, e todas as nossas justiças como trapo da imundícia; e todos nós murchamos como a folha, e as nossas iniqüidades, como o vento, nos arrebatam. (SABE O QUE NESSE CONTEXTO SIGNIFICA TRAPO DE IMUNDÍCIA - PANO QUE COBRE FERIDAS PURULENTAS.).

Por isso se vc ainda não entendeu que tem de crer no Jesus da Bibia e seus evangelhos e está se apegando às suas boas obras para um dia ir para um lugar melhor na sua morte, vc está redondamente enganado, o único lugar que alguém que morre sem Jesus vai após a morte é o inferno, não importa o que fez de bom. (por liroba)


sábado, 14 de setembro de 2013

Estudo academico sobre o assunto, 2/3 das igrejas evagélicas pregam prosperidade financeira....Deus tenha misericórdia...


Embora Kate Bowler diga não escrever sobre um ponto de vista teológico, sua pesquisa inclui elementos de história, sociologia e até psicologia. Contudo, “Blessed: A History of the American Prosperity Gospel” [Abençoado: uma História do Evangelho da Prosperidade], é a adaptação da sua tese de doutorado em formato de livro. Lançado nos EUA recentemente, caiu como uma bomba no meio evangélico e foi matéria da edição de setembro da influente revista Christianity Today.

Embora inicie com uma breve história da chamada “teologia da prosperidade” a autora se dedicou mais a investigar a influência desse tipo de pregação nas igrejas evangélicas. Bowler entrevistou pastores, visitou megaigrejas, leu dezenas de livros e atreve-se a concluir: a pregação da prosperidade domina os púlpitos. Mas não só nos EUA, ela traça paralelos com diversos países, desde o Brasil até Cingapura, passando pela Nigéria.

Embora em alguns lugares seja apresentado como “pregação de saúde e riqueza”, “confissão positiva” ou “teologia da dominação”, o foco é o mesmo: riqueza e vida boa aqui e agora. A grande maioria dos pregadores tem seus próprios programas de TV, escrevem livros sobre o assunto e atraem multidões para suas megaigrejas. E as pessoas parecem gostar, cada vez mais.

Embora repudiado pelos teólogos, o movimento que oferece a prosperidade a todos os que tiverem fé, superou a velha pregação baseada no arrependimento e na mudança de vida. Bowler atualmente é professora da Duke Divinity School, Universidade fundada pela Igreja Metodista, mas que hoje forma acadêmicos no estudo de diversas religiões.

Para a pesquisadora, desde o final do século 19, os pregadores que ensinavam a “prosperidade vinda de Deus” absorveu e ajudou a espalhar vários aspectos culturais do chamado “sonho americano”. Ou seja, com determinação e perseverança todo mundo poderá ser rico um dia.

Com o passar dos anos, a pregação foi se modificando, até que nos anos 1970 consolidou um modelo que é usado até hoje. Fé = investimento + auto-ajuda. Cultos que enfatizavam curas e milagres também auxiliaram na formatação teológica. Por fim, em alguns lugares mais do que em outros, a ênfase na obra de demônios como o principal obstáculo a ser vencido pelo cristão.

Bowler vai listando uma série de pastores e igrejas do século passado até chegar aos dias de hoje. O mínimo denominador comum a todas as igrejas evangélicas é que a teologia da prosperidade continua crescendo por que a maioria dos fieis só quer ouvir isso. O movimento que varreu as igrejas americanas nos anos 60 e 70, deu condições para que seminários com esse enfoque fossem criados e com isso, a perpetuação dos ensinamentos e a expansão para todos os lugares do mundo. Ao mesmo tempo, as denominações mais tradicionais experimentavam uma crescente relativização, sem tomar posição firme sobre esses ensinamentos por décadas.

O movimento não tinha uma organização central, mas a proliferação dos televangelistas acabou gerando dois grupos principais. A base comum são dois elementos-chave: Deus quer abençoar e você precisa querer ser abençoado.

O que mais cresce é a chamada “prosperidade soft” cuja mensagem é centrada nos pregadores (sejam eles pastores, bispos ou apóstolos) e que oferecem uma mensagem com muitos elementos de psicologia (autoajuda) em que a vida cristã é um desfrutar contínuo de bênçãos. Desde que sigam os “passos certos”, todos poderão alcançar a “vitória”.

Do outro lado, a “prosperidade tradicional”: que enfatiza os “pontos de fé”, objetos distribuídos ou vendidos nos cultos e que colaboram com a vida cristã; além da luta constante contra os demônios, que causam todo tipo de problema na vida pessoal, familiar e profissional.

Citando estudos, Bowler afirma que 17% dos evangélicos americanos reconhecem fazer parte desse movimento, que todos os domingos atrai milhões de pessoas para as megaigrejas. Outro dado alarmante é que dois terços de todos os evangélicos do mundo estão em igrejas que pregam a “teologia da prosperidade”, embora a maioria sequer tenha ouvido falar dela.

Em sua investigação global, a autora lista as maiores igrejas do mundo e analisa suas bases teológicas. Destaque para a Igreja do Evangelho Pleno na Coreia do Sul, do pastor Young Choo e a Igreja Universal do Reino de Deus, fundada pelo bispo Edir Macedo no Brasil.

Na parte final de suas quase 400 páginas, Bowler demonstra com estatística na venda de livros, como ocorreu uma acentuada queda na preocupação dos evangélicos com temas como ação social nas igrejas, o arrebatamento e o final dos tempos.

Não há previsão de seu lançamento no Brasil, mas é possível ler alguns capítulos no Google Books ou no site da Amazon.(fonte Gospelprime)

quarta-feira, 4 de setembro de 2013

CHEGA DE MARKETING GOSPEL PARA ATRAIR FUTUROS E FALSOS CRENTES:


NÃO HÁ NADA QUE PODE SER FEITO NA IGREJA PARA ATRAIR O VERDADEIRO ELEITO DE DEUS QUE IRÁ REALMENTE SE CONVERTER, POIS, QUEM FAZ ISSO É O ESPÍRITO SANTO E NÃO AS NOSSAS IDÉIAS DE “MARKETING GOSPEL”.

CHEGA DISSO, OS LIDERES E PREGADORES, TEM OBRIGAÇÃO NENHUMA DE AGRADAR NEM INCRÉDULO OU OS SUPOSTOS CRISTÃOS. O QUE NOS COMPETE É PREGAR A PALAVRA QUE DEVE SER DURA E VERDADEIRA, PARA PODER QUEBRAR O CORAÇÃO DE PEDRA DESSE POVO PERDIDO. DURA SIM, COM FOI DITO SOBRE A PREGAÇÃO DE JESUS EM JOÃO 6.59 a 66. (por liroba)

Abaixo um texto adaptado de uma pregação de Charles H. Spurgeon, por José Augusto Castro Junior.

TÍTULO: “Estou cansado, suas festas, eu as odeio, são um fardo para mim!”

Este desabafo poderia ser meu, ou de milhares de Cristãos que estão incomodados com os rumos da Igreja Evangélica. Mas se fosse nosso, com certeza seríamos bombardeados por falsos profetas, pelos “Apóstolos da Prosperidade”, que nos taxariam de rebeldes, incrédulos.

Mas estas palavras são do Senhor Nosso Deus ao Profeta Isaías mais de 600 anos antes da vinda de Jesus
“… escutem a instrução de nosso Deus!. “Para que meoferecem tantos sacrifícios? – pergunta o Senhor. Para mim, CHEGA de holocaustos de carneiros e da gordura de novilhos gordos; NÃO TENHO NENHUM PRAZER no sangue de novilhos, de cordeiros e de bodes! “Quando lhes pediu que viessem à minha presença, quem lhes pediu que pusessem os pés em meus átrios? Parem de trazer ofertas INÚTEIS! O incenso de vocês é REPUGNANTE para Mim. Luas novas, sábados e reuniões! NÃO CONSIGO SUPORTAR suas assembléias cheias de iniquidade. SUAS FESTAS da lua nova e suas festas fixas, EU AS ODEIO. Tornaram-se um FARDO PARA MIM NÃO AS SUPORTO MAIS.”(Isaías 1:10-14)

O diabo criou algo muito perspicaz, sugerir à igreja que sua missão consiste em promover entretenimento para as pessoas, tendo em vista ganhá-las para Cristo. A igreja abandonou a pregação, seu testemunho; passou a aceitar e justificar as frivolidades que estavam em voga no mundo,começou a tolerá-las em suas fronteiras; agora, a igreja as adotou sob o pretexto de ganhar as multidões.

Primeira constatação: as Escrituras não afirmam, em nenhuma de suas passagens, que promover entretenimento para as pessoas é uma função da igreja. Se esta é uma obra cristã, por que o Senhor Jesus não falou sobre ela?

“Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura” (Mc 16:15) — isso é bastante claro. Se Ele tivesse acrescentado: “E oferecei entretenimento para aqueles que não gostam do evangelho”, assim teria acontecido. No entanto, tais palavras não se encontram na Bíblia. Sequer ocorreram à mente do Senhor Jesus.

Novamente, promover entretenimento está em direto antagonismo ao ensino e à vida de Cristo e de seus apóstolos. Qual era a atitude da igreja em relação ao mundo? “Vós sois o sal”, não o “docinho”, algo que o mundo desprezará. Se Cristo houvesse introduzido mais elementos maleáveis e agradáveis em seu ministério, teria sido mais popular e com certeza teria tipo mais seguidores. Mas não O vemos dizendo: “Pedro, vá atrás do povo e diga-lhe que teremos um culto diferente amanhã, algo atraente e breve, com pouca pregação. Teremos uma noite agradável para as pessoas, com vários “ídolos da música Gospel” (ih! Ídolo pode se for gospel?). Vá logo, Pedro, temos de ganhar as pessoas de alguma maneira!”.
A posição de Jesus era firme, estava alicerçada na Palavra de Deus, e não aceitava qualquer tipo de manipulação para agradar as multidões, conforme João 6:59-66

“Ele (Jesus) disse estas coisas na sinagoga, ensinando em Cafarnaum. Muitos, pois, dos seus discípulos, ouvindo isto, disseram: DURO ESTE DISCURSO; quem o pode ouvir? Sabendo, pois, JESUS em si mesmo que os seus discípulos murmuravam disto, DISSE-LHES ISTO VOS ESCANDALIZA? Que seria, pois, se vísseis subir o Filho do homem para onde primeiro estava? O espírito é o que vivifica, a carne para nada aproveita; AS PALAVRAS QUE EU VOS DIGO SÃO ESPÍRITO E VIDA. Mas há alguns de vós que não creem. Porque bem sabia Jesus, desde o princípio, quem eram os que não criam, e quem era o que o havia de entregar. E dizia: Por isso eu vos disse que ninguém pode vir a mim, se por meu Pai não lhe for concedido. Desde ENTÃO MUITOS DE SEUS DISCÍPULOS TORNARAM PARA TRÁS, e já NÃO ANDAVAM COM ELE.”

Jesus se preocupa e manda os seus 12 Discípulos atrás da multidão prometendo um discurso mais brando?
NÃO, em João 6:67 temos o posicionamento de Jesus:
“Então disse Jesus aos doze: QUEREIS VÓS OUTROS TAMBÉM RETIRAR-VOS?”

A missão de promover entretenimento falha em conseguir os resultados desejados. Causa danos, pois os novos convertidos,são alcançados por um evangelho parcial e os cansados e oprimidos buscam paz através de um show musical. O resultado é óbvio: a missão de promover entretenimento não produz convertidos verdadeiros. A necessidade atual para o ministro do evangelho é uma instrução bíblica fiel, bem como ardente espiritualidade; uma resulta da outra, assim como o fruto procede da raiz. A necessidade de nossa época é a doutrina bíblica, entendida e experimentada de tal modo, que produz devoção verdadeira no íntimo dos convertidos. Senhor, limpe a igreja de todo o lixo e baboseira que o diabo impôs sobre ela e traga-nos de volta aos métodos dos apóstolos, ao verdadeiro Evangelho.

Este texto poderia ser meu ou de qualquer escritor contemporâneo que esteja acompanhando o que está ocorrendo nas igrejas evangélicas , mas pasmem, é um texto adaptado de um sermão de Charles Spurgeon, pregador da Palavra de Deus que morreu em 31/01/1892,  portanto ESCRITO HÁ MAIS DE 100 anos. Assim como sugere Spurgeon: OREMOS!

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

O CALVINISMO E O PENTECOSTALISMO UMA FUSÃO NECESSÁRIA!

Sou Cristão Evangélico Calvinista Petencostal Puritano.
Com relação ao batismo com o Espírito Santo, que graças a Deus tive essa benção um dia, é maravilhoso. Mas, sou completamente contra o "reteté" que para mim são lampejos da alma (ou coisa pior, pois, Deus nunca iria permitir que a gente fizesse algo que nos envergonhasse e fosse ridículo), contudo eu sei que o agir do Espírito Santo, leva a um profundo arrependimento, que nos faz ficarmos envergonhados pelo que somos e fazemos, por isso o verdadeiro avivamento na igreja é joelhos no chão e muito choro de arrependimento.

Falo em linguas estranhas para minha edificação e fortalecimento(como ensina Paulo) infelizmente não as interpreto, as vezes quando oro por alguém após um apelo no fim de uma pregação falo em linguas no meio da oração mais vejo isso como um intervenção do Espírito para que a Glória de Deus se manifeste. SOU PETENCOSTAL MAS ...ABAIXO O RETETÉ. 

O EQUILÍBRIO ENTRE O CALVINISMO E O PENTECOSTALISMO É O QUE ESTÁ FALTANDO EM TODAS AS IGREJAS TODAS MESMO ATÉ CATÓLICA ROMANA (Para Deus nada é impossível), POIS, AO MEU VER SOMENTE A INTERPRETAÇÃO DA TEOLOGIA DE PAULO FEITA POR CALVINO PODE NOS MOSTRAR TEORICAMENTE O QUANTO O NOSSO DEUS É SOBERANO.

O Calvinismo coloca Deus em seu devido lugar e por sua vez, revela a nossa plena essência depravada e pecaminosa. Somente assim podemos adorar e glorificar e honrar o nosso soberano Deus, em espírito e verdade. 

Aqueles que já o fazem nas igrejas Evangélicas ditas arminianas, não sabem mas estão sendo por Deus levados a um ensinamento igual ao que um dia o Espírto Santo revelou a Calvino, que nada mais é que a mesma revelação do apóstolo Paulo, pois, o nosso Deus é mesmo ontem, hoje e sempre. Deus me ensinou sobre eleição em Romanos 8-9-10, muito antes de saber quem foi João Calvino. (por liroba)

ABAIXO LINKS PARA TEXTOS SOBRE O NOVO CALVINISMO:

o que é o novo calvinismo

A impressão do Teólogo Calvinista Augustus Nicodemus sobre a igreja de Mark Driscoll

domingo, 25 de agosto de 2013

MARIA É OU NÃO MAIS INVOCADA E ADORADA QUE DEUS PELOS FIÉIS CATÓLICOS ROMANOS????VEJA O QUE DIZ ESSE REPORTER DA FOLHA DE SÃO PAULO:


Uma das principais fontes de debate e divergência teológica entre católicos e protestantes é o status de intermediadora dado pela igreja romana a Maria, mãe de Jesus. Para católicos, a virgem foi arrebatada aos céus em carne e osso, e intercede pelos seguidores; Para protestantes, Maria é uma importante e admirada figura bíblica.
Aldo Pereira, 80 anos, colaborador da Folha de S. Paulo, publicou um artigo sobre o assunto, e fez comparações entre as posturas adotadas por católicos e protestantes a respeito do tema.
Seu texto se inicia com uma constatação: no terço católico há “106 invocações mântricas de Maria (duas em cada ave-maria), mais uma referência na salve-rainha e outra no credo”, e cita que em comparação, o mesmo terço “menciona o nome de Jesus 55 vezes: uma em cada ave-maria, uma no credo e outra na salve-rainha” e “invoca Deus uma única vez, no pai-nosso”.
Pereira diz que o ponto de discórdia está na adoração à mãe de Jesus: “Protestantes veneram Maria (até muçulmanos a reverenciam), mas reprovam ‘mariolatria’. Como outros não-católicos, objetam que a Bíblia não menciona Assunção”, escreveu, referindo-se à crença de que ela teria sido arrebatada. “[Os protestantes] condenam como fetichismo idólatra o enlevo do papa ao beijar imagem esculpida de Maria em Aparecida no mês passado”, afirma.
Citando dados históricos da Igreja Católica, Pereira afirma que a ênfase dada à mãe de Jesus surgiu de uma busca do Vaticano por tornar a religião simpática a outros povos não cristãos: “Maria pode ter ganhado proeminência hagiográfica a partir do século 4 por facilitar a conversão de pagãos mediante incorporação sincrética de elementos de outros credos no cristianismo, e vice-versa. Muitos pagãos cultuavam deusas-mães”, contextualiza. “Representações de Ísis amamentando Horus bebê inspirariam madonas lactantes na pintura renascentista”, exemplifica o colaborador da Folha.
Ele encaminha seu texto dizendo que os “teólogos protestantes argumentam que o clero católico confere status de divindades menores a Maria e outros santos (quase 8.000) quando lhes atribui milagres”, e que a “deificação de Maria [...] viola o preceito monoteísta das religiões abraâmicas”. O colaborador ainda menciona que a resposta dos católicos a tais críticas é que eles “reverenciam Maria como santa, mas não a adoram como deusa”.
Outro ponto de divergência teológica está na virgindade da mãe de Jesus, diz Pereira: “A Bíblia faz menção explícita a irmãos de Jesus. Mateus 13:55-56 e Marcos 6:3 nomeiam quatro, enquanto Mateus 12:46, Marcos 3:32 e Atos 1:14 referem outros. Segundo Mateus 1:18-25, José não ‘conheceu’ Maria antes de ela ter tido o primeiro filho, o que sugere que ele a ‘conheceu’ depois”. O colaborador no entanto, pondera que “para a Igreja [Católica], tal entendimento configura audaciosa blasfêmia, pois o Primeiro Concílio de Latrão (649) reafirmou a virgindade de Maria ‘ante partum’, ‘in partu’ e ‘post partum’. ‘Irmãos’ de Jesus? A apologética assegura haver aí mera referência figurada a ‘primos’ ou ‘parentes’”, conclui Aldo Pereira.

O QUE EU ACHO: EM PRIMEIRO LUGAR- DEUS ESTÁ NO CONTROLE E TODO ENGANO UM DIA SERÁ REVELADO; 
EM SEGUNDO LUGAR - SOMENTE AO DEUS TRIÚNICO TODA HONRA, GLÓRIA E LOUVOR;
EM TERCEIRO LUGAR - EM QUE LUGAR VC COLOCA DEUS JESUS E O ESPÍRITO SANTO NA SUA VIDA? SE VC COLOCA ACIMA DE TUDO E TODOS TÁ TUDO CERTO.

NO MAIS EU PREFIRO FICAR COM A BÍBLIA ONDE DEUS FALA ATRAVÉS DO PROFETA ISAÍAS QUE FOI O MAIOR PROFETA MESSIANICO DA BÍBLIA PROFETIZANDO O NASCIMENTO DE JESUS APROX. 740 ANOS ANTES. QUE DIZ NO CAPÍTULO 42. 8 Eu sou o Senhor; este é o meu nome; a minha glória, pois, a outrem não a darei, nem o meu louvor às imagens esculpidas.

quinta-feira, 8 de agosto de 2013

SOMENTE DEUS PODE CURAR E DEUS É O MESMO ONTEM, HOJE E SEMPRE, LEIA ESSA HISTÓRIA DE CURA DE UM TETRAPLÉGICO:

A crença de que milagres acontecem através da fé em Jesus Cristo pode ser confirmada através dos testemunhos compartilhados ao redor do mundo. Um homem de 71 anos de idade, tetraplégico há 3, voltou a andar no Nepal depois de clamar por isso numa oração.

Conhecido apenas como “Vovô” em sua aldeia, o homem havia sofrido um acidente devido uma avalanche, e durante todo este tempo não podia mexer seus braços ou as pernas. Após ser apresentado ao Evangelho através de dois estudantes que servem como voluntários no país, o Vovô passou a buscar sua cura.

“Jesus, Jesus, Jesus”, disse ao repórter do Charisma News. “Eu orei para Jesus, e agora eu posso andar”, relatou o homem. “Eu pedi a eles que orassem por mim, e eles oraram muito. Eles me mostraram como a orar a Deus, e então eu orei”.

A história do milagre começou quando os estudantes fizeram uma visita à modesta casa que Vovô vive com sua esposa. Eles contaram as histórias bíblicas sobre Jesus e pregaram sobre o Evangelho, além de se oferecerem para orar por ele.

Após a disposição do homem em buscar sua cura através das orações, durante semanas ele foi recuperando lentamente sua capacidade de movimento de pernas e braços, até que conseguiu ficar de pé e andar novamente.

“Eu continuei orando e orando. Eu não tinha dinheiro, nenhum remédio e nenhum médico. Jesus me curou!”, disse Vovô, que agora é convertido e frequenta uma igreja em sua comunidade.

Sua esposa, embora não tenha se convertido, o acompanha aos cultos e ouve os sermões. Enquanto isso, Vovô segue se preparando para se batizar em breve e ampliar seu testemunho, voltando a caminhar nas montanhas.

“Quando eu estiver forte novamente, eu vou para a minha aldeia, e vou dizer-lhes o que Jesus fez por mim”, afirmou.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

quarta-feira, 31 de julho de 2013

QUAL O PROBLEMA COM AS IMAGENS DOS SANTOS?

O texto abaixo do qual eu concordo plenamente, foi retirado do site GOLPEL+ e escrito por Daniel Simoncelos. Economista por profissão, Pregador por vocação, Cristão que pelo visto, ama a Jesus acima de tudo.

Esclarecendo sobre imagens de escultura:

Não existe problema algum em ter ou fazer imagem de escultura desde sempre. O problema é prestar culto, rezas, veneração ou qualquer tipo de adoração às imagens.

Esculturas são obra de arte a serem apreciadas. O próprio Senhor colocou arte em seu tabernáculo. Moisés levantou uma serpente de bronze (fazendo prefiguração a Cristo em Jo 3.14) e posteriormente esta mesma serpente foi destruída na reforma promovida por Josias quando se tornou objeto de veneração e adoração pelos israelitas (II Re 18.4).

Neste caso, como obra de arte não existe problema algum em se ter imagens. O grande erro é achar que um objeto inanimado, feito por mãos humanas, que tem boca mas não fala; que tem olhos mas não vê; que tem ouvidos mas não ouve; que tem nariz mas não sente cheiro; que tem mãos mas não pode apalpar e pés mas não podem andar, pensar que algo deste tipo pode fazer qualquer coisa por qualquer pessoa. (Sl 115.4-7)

Tampouco ninguém que não tenha os atributos de onisciência, onipotência, onipresença e infinitude que SÓ DEUS tem, pode receber ou intermediar orações. Por acaso o braço de Deus encurtou e ele está ocupado demais para que precise de ajuda de seres tão limitados? Ou o sacrifício de Jesus ficou menor de forma que precisemos de mais intermediários?

Lembre-se que idolatria é colocar qualquer coisa acima de Deus em sua vida. E o risco não é de apenas ídolos, mas também dinheiro, poder, etc.

COMO DEVE ESTAR NOSSO ESPÍRITO E CORAÇÃO DIANTE DE DEUS?


O Salmo do Rei Davi de nr. 51 Verso 17 diz – Sacrifícios agradáveis a Deus são o espírito quebrantado (ENFRAQUECIDO); coração compungido (ARREPENDIDO) e contrito (TRISTE), não desprezarás, ó Deus.

Deus se alegra e nunca irá desprezar somente esse verdadeiro sacrifício, qual seja:


1-Espírito quebrantado (enfraquecido, quebrado):
-Quando reconhecemos Deus na sua infinita plenitude como o Todo Poderoso, como Aquele que está no controle de todas as coisas na nossa vida e ao nosso derredor, nosso espírito reconhece nossa insignificância e nossa fraqueza e se quebranta, ou seja, se entrega ao único Deus que pode revigorá-lo, renová-lo e transformá-lo, através do Seu Espírito Santo habitando e agindo na nossa vida. Essa atitude de entrega espiritual agrada a Deus, infelizmente o nosso coração enganoso, contaminado pelo nosso ego mundano e intelecto vaidoso, impede com veemência essa entrega esse quebrantamento do Espírito e somente a oração com os joelhos no chão poderão vencer essa luta.

2-Coração compungido (arrependido) e contrito (triste):
-Quando enxergarmos após muita humilhação o que Deus é, o nosso coração enganoso, se dobra e reconhece o que somos o que fazemos e quanto estamos longe do padrão, que é Jesus, ai, vem o arrependimento e essa nossa pequenez que desagrada a Deus, nos leva a uma tristeza profunda e O PODEROSO “EL SHADAY” SE INCLINA E OLHA PARA NÓS E RECEBE ESSE VERDADEIRO SACRIFÍCIO DE ADORAÇÃO, QUE É UM MARTÍRIO NA NOSSA ALMA.

E O QUE ACONTECE? ELE NUNCA IRÁ NOS DESPREZAR, MUITO PELO CONTRÁRIO ELE IRÁ NOS ENCHER COM SEU PODER ATRAVÉS DO SEU ESPÍRITO SANTO, IRÁ NOS GUIAR E CONDUZIR NO SEU CAMINHO, IRÁ NOS EXALTAR, NOS ALEGRAR, NOS GALARDOAR, ETC. TUDO PORQUE, NÓS ALEGRAMOS O CORAÇÃO DE DEUS RECONHECENDO QUE NADA SOMOS.
Deus busca humildes para exaltar, pois, os soberbos Ele irá humilhar. (por liroba)

segunda-feira, 15 de julho de 2013

ASSISTI O NOVO FILME DO SUPERMAN - VI UMA COMPARAÇÃO SÓBRIA E SUBLIMINAR COM JESUS CRISTO. LEIAM O TEXTO QUE RETIREI DA NET.


TEM UM MOMENTO EM QUE O SUPERMAN IRÁ SE ENTREGAR AO INIMIGO PARA SALVAR OS SERES HUMANOS.
Momentos antes mostra Clark Kent falando com um padre numa igreja e ao fundo temos uma imagem num vitral de Jesus Cristo e o padre fala para ele dar um passo de fé.

LEIA O QUE FOI ESCRITO NO SITE DE NOTÍCIAS G1, SOBRE O ASSUNTO.


Novo filme do "Super-Homem" compara-o a Jesus Cristo.
A equipe de marketing da Warner Bros está promovendo o filme “Homem de Aço”, o mais recente filme do Super-Homem, de uma forma diferente: chamando líderes de igrejas nos Estados Unidos para assistir sessões gratuitas do filme. Para atrair o público religioso, o estúdio convidou um teólogo para escrever uma pregação fazendo a ligação entre o filme e a vida de Jesus. O texto de nove páginas recebeu o título de “Jesus: O Super-Herói Original” e tem como objetivo pedir para que os pastores mostrem o trailer do filme em suas igrejas. O roteiro do filme, que estreou nos Estados Unidos na última sexta-feira (14), tem ligações com a vida de Jesus Cristo, já que Clark Kent foi enviado à Terra por seus pais para salvá-la. Outra semelhança entre o Super-Homem e Jesus é a idade, com 33 anos Clark terá que se sacrificar para poder defender a raça humana. Foi com esta idade que Filho de Deus foi crucificado.

O ator Henry Cavill, que interpreta o personagem principal, diz que tem espectador que nem nota essa ligação entre seu personagem e Jesus. “Pode até ser que o Super-Homem tenha um background inspirado na história de Jesus, mas isso não significa que eu tenha encarnado o Super-Homem como se ele fosse Deus. Acho que o público tem que tirar suas próprias conclusões. Tem gente que nem nota essa semelhança, mas tem gente que pega de primeira”. O diretor do longa, Zack Snyder, diz que essa semelhança existe desde quando o personagem foi inventado. “Para ver as ligações, depende da experiência de cada espectador”.


Em duas partes do filme é possível ligar as duas histórias, uma delas é quando o Super-Homem pula com os braços esticados parecendo um crucifixo. Em outra cena ele procura um padre e no cenário de fundo um grande imagem de Jesus ganha destaque colocando-os lado a lado. Em entrevista a CNN o pastor Quentin Scott, de Baltimore (EUA), disse que participou das sessões gratuitas do filme e realmente notou que a história fala de Jesus. “Quando me sentei e assisti ao filme, o que de fato vi foi a historia de Jesus, e o amor de Deus introduzido na história,” disse ele. Muitos dos pastores que viram o filme acreditam que é possível falar de Jesus e de sua missão usando o filme “Homem de aço” como referência. Mas há outros que contestam dizendo que ligar as duas histórias é um risco elevado. (FONTE G1.)

EU PESSOALMENTE ESPERO QUE OS PAIS AO LEVAREM SEUS FILHOS AO CINEMA APROVEITEM PARA FALAR A ELES QUE JESUS CRISTO FOI O ÚNICO E VERDADEIRO HERÓI QUE REALMENTE PROPORCIONOU A SALVAÇÃO A HUMANIDADE. (por liroba)