G P S D A N E T: PORQUE SÓ EXISTE UM CAMINHO A SEGUIR, JESUS CRISTO.
Sola gratia, sola fide, solus Christus, sola scriptura, soli Deo Gloria.

Sou Cristão: Evangélico, Puritano, Reformado - (A Doutrina que sigo é a SÃ, que vem de Jesus Cristo e é interpretada pelo Apóstolo Paulo, Agostinho e João Calvino):

SALMOS 41.12 Quanto a mim, tu me sustentas na minha sinceridade, e me puseste diante da tua face para sempre.

sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

ANO NOVO E TUDO NA MESMA?


O apóstolo Paulo diz o seguinte na sua segunda carta enviada as igrejas de Corinto, capítulo 5, versículo 17:

"Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo." 

Vemos nos comerciais da televisão as pessoas desejando um feliz e prospero ano novo, mas, eu pergunto: Como ser feliz e prospero se nós continuamos com as nossas velhas manias e defeitos?  Como viver um ano novo com uma vida nova, se tudo está na mesma?

A resposta está em Jesus Cristo, com diz o texto acima, se alguém está em Cristo é nova criatura, tudo se faz novo. Estar em Cristo significa ser convertido pelo Evangelho, ou seja, pelos ensinamentos e ordenanças que Jesus nos dá nos seus evangelhos.

Todos hoje em dia se intitulam cristãos, gospels, evangélicos, católicos, etc. MAS QUANTOS REALMENTE SÃO CONVERTIDOS, SE TRANSFORMARAM NUMA NOVA CRIATURA, QUANTOS REALMENTE ESTÃO EM CRISTO.

O nosso engano maior é achar que Deus, irá nos aceitar como somos, pois, fique sabendo que NÃO. Se Deus não quisesse mudança de nossa parte Ele não nos deixaria um manual, esse manual é a Bíblia que é a palavra de Deus inspirada pelo seu Espírito Santo a homens que realmente se transformaram um dia, numa nova criatura.  

Eu desafio você leitor a pedir a Deus essa transformação, sua vida somente dessa forma irá mudar.
Vamos deixar bem claro que eu não estou falando em mudança material, estou falando em mudança no seu coração, onde há, tristeza, depressão, solidão, mágoa, rancor. Deus preencherá com seu amor, paz, comunhão, perdão, etc. AI SIM, VOCE PODERÁ DIZER ANO NOVO COM VIDA NOVA EM CRISTO JESUS.

Que Deus abençoe a todos nesse novo ano e que, em nome de Jesus, essas palavras toquem os corações daqueles que as lerem. (por liroba)

quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Na China, um Cristão evangelista, após ser expulso de uma aldeia, retorna com um milagre nas mãos..leia a história abaixo.



Em uma véspera de Natal bastante fria, o evangelista chinês Xi pegou a estrada na província de Gansu, na China. Ao chegar à aldeia vizinha, percebeu que algo estava errado. Decidiu parar e se apresentar como um portador de boas notícias. Um homem de baixa estatura o interrompeu: “Bem, temos apenas más notícias por aqui. O bebê de um casal acabou de ser raptado”.

Nas áreas mais pobres da China, onde os casais podem ter apenas uma criança por família, são comuns os casos em que filhos são roubados ou mesmo arrancados à força para serem entregues a casais ricos que moram nas grandes cidades e não têm filhos.

Xi entrou na casa e deparou-se com o marido e a esposa olhando discretamente para ele. A tristeza do casal podia ser percebida pelo ar pesado que dominava o ambiente. Convicto da única coisa que podia oferecer como consolo, ele disse: “Eu estou muito triste em ouvir sobre sua situação, mas eu conheço alguém que pode ajudá-los: Deus! Permitam-me orar a Ele pela vida de vocês”.

Como não houve qualquer reação por parte do casal, Xi iniciou sua oração, sentindo-se muito desconfortável. “Querido Pai, há muito tempo, nesta mesma época do ano, o Senhor enviou uma criança ao mundo e salvou-nos a todos. Pedimos hoje que esta criança seja enviada de volta para nós e livre esta aldeia da tristeza na qual seus habitantes estão vivendo. Amém”.

De repente, o marido gritou: “Cale a boca e vá embora. Nós já clamamos aos nossos deuses e nada aconteceu. Por que com o seu Deus será diferente?” O evangelista foi agarrado por outros moradores e arrastado para fora da aldeia. “Não se atreva a vir aqui de novo!”, disseram eles.

Ele vagou pelas colinas por um tempo, sentindo-se humilhado, chorando e clamando a Deus. Então pensou: Eu fui para a aldeia esperando uma recepção heroica, ou pelo menos, confiei que seria uma curiosidade para aquela aldeia, seria interrogado e, por algumas horas, seria a atração de pessoas que vivem vidas muito maçantes e isoladas. Ao invés disso, eu fui tratado e rejeitado como Cristo foi.

Ajoelhado na neve, ele sabia exatamente o que tinha de fazer: voltar à aldeia, sabendo que, com certeza, seria desprezado. Mesmo assim, ele precisava seguir os passos do Mestre Jesus. Com o coração batendo forte, ele se virou e começou a caminhar lentamente de volta ao vilarejo do qual foi expulso anteriormente. De repente, em meio à neblina da tarde, ele ouviu o choro de um bebê vindo do que parecia ser um cesto.

Nítido o suficiente, a poucos metros à frente, estava um bebê, enrolado em um cobertor grosso, deitado no fundo do cesto. Xi foi até o local para abraçá-lo e transmitir um pouco de calor a ele. Era uma menina. Os ladrões que a sequestraram não sabiam que era uma menina e, quando descobriram, deixaram-na abandonada ali, para morrer.

Ele caminhou de volta para a aldeia com o precioso pacote em mãos. Os moradores vieram correndo. Eles ficaram surpresos e muito felizes! Quando o levaram para a casa do pobre casal, o sorriso no rosto da mãe quando o bebê foi colocado em seu colo foi inesquecível. “Venha aquecer-se pelo fogo”, sugeriu, gentilmente, o marido. Deram uma cadeira para o evangelista, e com os outros moradores ao redor deles, o pai da criança perguntou: “Quem é esse Deus para o qual você orou?”

Veja só que oportunidade maravilhosa! Lá estava Xi, como convidado de honra, olhando para 30 pessoas que, ansiosas, esperavam ouvir sobre o evangelho da salvação. “Bem”, começou ele, “Ele veio à Terra na forma de um pequeno bebê, neste mesmo período do Natal, há mais de 2 mil anos…”
(fonte - gospelmais)

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

TIRE SUAS DÚVIDAS SOBRE JESUS E SUA VIDA, SOBRE O NATAL E OUTROS ASSUNTOS - COM O TEÓLOGO DA FACULDADE MAKIENZIE - AUGUSTUS NICODEMUS.

AS REVISTAS NESSA ÉPOCA DO ANO COMEÇAM A CONJECTURAR ERRONEAMENTE SOBRE JESUS CRISTO, FALANDO COISAS QUE NÃO SÃO FATOS REAIS E VERDADEIROS.

VOCÊ SABIA QUE EXISTEM NO MUNDO MAIS DOCUMENTOS QUE PROVAM A EXISTÊNCIA E A VIDA DE JESUS, DO QUE PROVAS DOCUMENTAIS DA EXISTÊNCIA DO FILOSOFOS, COMO: SÓCRATES, PLATÃO, ETC..

NESSA ESPÉCIE DE VIDEOAULA, APRENDEMOS A VERDADE TEOLÓGICA PARA DÚVIDAS COMO: Jesus realmente existiu? Onde e como Ele viveu e nasceu? O natal como se comemora hoje tem conotação pagã? Qual o verdadeiro significado do natal?
ASSISTA. VALE A PENA:

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

NESSE FINAL DE ANO QUER TE DAR UM GRANDE PRESENTE - PERDOE TODOS AQUELES QUE TENHAM TE DESAGRADADO ALGUM DIA:



JESUS DISSE,  no Evangelho de Mateus - 6. 14 - Porque, se perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai celestial vos perdoará a vós; 15 - se, porém, não perdoardes aos homens, tampouco vosso Pai perdoará vossas ofensas.

Nesse natal perdoe, todos nós temos lá no fundo de nossa alma algo ou alguém a ser perdoado, Jesus diz no texto acima que se não perdoarmos, Deus também nunca nos perdoará.

Liberar perdão é livrar a sua alma da prisão que você mesmo a colocou, quando ficou magoado com alguém devido a uma circunstância que pode ser até mesmo que você nem lembre mais os detalhes, ou, o verdadeiro porquê dessa magoa.

Amigos e leitores, quantos pais não falam com os filhos, quantos irmãos não se comunicam e nem sabem se estão bem. Tudo porque, existe por trás da magoa algo muito horrível e que desagrada a Deus, que se chama egoísmo ou egocentrismo humano, que leva você dizer: “eu estou certo, eu não tive culpa, porque eu tenho que dar o primeiro passo, etc.”

Eu peço em nome de Jesus que todos os que lêem essa minha postagem, sejam impelidos pelo Espírito Santo de Deus a repensarem e tomarem a atitude de perdoar, amém!

ABAIXO UM AUDIO DE UMA HISTÓRIA QUE FALA SOBRE ENGANO E PERDÃO, OUÇA E REFLITA:


JESUS NOS RESGATOU DAS PRISÕES DA MORTE, POR ISSO O NATAL SIGNIFICA LIBERDADE:


Visto, pois, que os filhos têm participação comum de carne e sangue, destes também ele, igualmente, participou, para que, por sua morte, destruísse aquele que tem o poder da morte, a saber, o diabo, e livrasse todos que, pelo pavor da morte, estavam sujeitos à escravidão por toda a vida. — Hebreus 2:14-15

Jesus se tornou homem porque o que era necessário era a morte de um homem que fosse mais do que um homem. A encarnação foi Deus trancafiando a si mesmo no corredor da morte.

Cristo não arriscou a morte. Ele a abraçou. Foi precisamente para isso que ele veio: não para ser servido, mas para servir, e dar a sua vida em resgate por muitos (Marcos 10:45).

Não é surpresa que Satanás tenha tentado desviar Jesus da cruz! A cruz era a destruição de Satanás. Como Jesus o destruiu?

O “poder da morte” é a habilidade de tornar a morte assustadora. O “poder da morte” é o poder que sujeita os homens à escravidão através do pavor da morte. É o poder de manter os homens em pecado, para que a morte seja algo hórrido.

Mas Jesus privou Satanás de seu poder. Ele o desarmou. Ele moldou uma couraça de justiça para nós que nos torna imunes à condenação do diabo.

Por sua morte, Jesus removeu todos os nossos pecados. E uma pessoa sem pecado leva Satanás à falência. Sua traição é abortada. Sua deslealdade cósmica é frustrada. “Já condenado está, vencido cairá.” A cruz o traspassou. E agora ele dá seus últimos suspiros.

Natal significa liberdade. Liberdade do medo da morte.

Jesus tomou nossa natureza em Belém, para morrer a nossa morte em Jerusalém, para que pudéssemos ser destemidos em nossa cidade. Sim, destemidos. Porque se a maior ameaça à minha alegria já se foi, então por que eu deveria me inquietar com as menores? Como você pode dizer: “Bem, eu não tenho medo de morrer, mas tenho medo de perder meu emprego”? Não. Não. Pense!

Se a morte (eu disse morte — sem pulso, frio, morto!), se a morte não é mais um medo, estamos livres, realmente livres. Livres para nos arriscar em qualquer coisa sob o sol por Cristo e por amor. Sem mais escravidão à ansiedade.

Se o Filho o libertou, você será livre, de fato! (Por John Piper)

domingo, 16 de dezembro de 2012

Assista minha nova pregação - O Louvor abre o caminho para o seu milagre.



A partir do texto de Lucas 18. 35 a 43, que fala do milagre que Jesus fez, tornando a ver um cego que estava na porta de Jericó chamado Bartimeu, falo que seu clamor equivale ao louvor e adoração que todo Cristão deve entoar. Partindo das atitudes desse cego, descobrimos um caminho para alcançarmos a bençãos que Deus quer nos dar.

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

PORQUE O VERDADEIRO EVANGELHO DE JESUS ASSUSTA E NÃO É PREGADO EM TODAS AS IGREJAS. ASSISTA ESSA MINHA NOVA MEDITAÇÃO:



Videocast - "SEMENTES DA VERDADE"
A partir do texto de 2a Timóteo 4: 3 e 4, passo a meditar do porquê hoje em dia não ser pregado na maioria das igrejas o verdadeiro evangelho de negação e renuncia que Jesus ensina.

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

ALGO SOBRE A BÍBLIA - DIA 09/12 - COMEMOROU O DIA DA BÍBLIA.



NESTE MÊS COMEMORAMOS O DIA DA BÍBLIA, NO SEGUNDO DOMINGO QUE FOI O ÚLTIMO DIA 09/12.

SOBRE A BÍBLIA QUALQUER TEÓLOGO PODE EXPLICAR COMO FORAM JUNTADOS TODOS OS LIVROS QUE TEMOS HOJE, A ÉPOCA QUE FORAM ESCRITOS E ATÉ MESMO QUEM FOI QUE O ESCREVEU.

MAS QUE ME PERDOEM OS ESTUDIOSOS E TEÓLOGOS, ISSO DE NADA IMPORTA.

O QUE IMPORTA É EXATAMENTO O APÓSTOLO PAULO DIZ AO SEU FILHO NA FÉ TIMÓTEO NA SUA SEGUNDA CARTA, A RESPEITO DAS ESCRITURAS SAGRADAS:

2º TIMÓTEO 3: 16 e 17-
16 Toda Escritura é divinamente inspirada e proveitosa para ensinar, para repreender, para corrigir, para instruir em justiça;
17 para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente preparado para toda boa obra.

PORTANTO, O QUE IMPORTA É QUE O ÚNICO E VERDADEIRO AUTOR DA BÍBLIA É DEUS, QUE A INSPIROU AOS SEUS ESCRITORES ATRAVÉS DO ESPÍRITO SANTO.

ASSIM, A PALAVRA DE DEUS NOS ENSINA A SERMOS SANTOS E PERFEITOS, COMO NOSSO DEUS É SANTO E PERFEITO.

ELA AINDA, NOS REPREENDE E CORRIGI, QUANDO ERRAMOS OU DESVIAMOS O CAMINHO, SOMENTE A BÍBLIA QUE É A PALAVRA DE DEUS, PODE NOS COLOCAR NOVAMENTE NO RUMO CERTO, QUE É O CAMINHO DE CRISTO.

ISSO NOS LEVARÁ A SERMOS JUSTOS COMO TODO CRISTÃO DEVE SER.

E POR FIM, É A PALAVRA QUE NOS FORTALECE E PREPARA PARA ENFRENTARMOS AS AFLIÇÕES DA VIDA, NESSE MUNDO, QUE NÃO PASSAMOS DE PEREGRINOS.

PORTANTO, VAMOS AGRADECER A DEUS PELA SUA PALAVRA!! (por liroba)

Significado do Natal (Charlie Brown - Snoopy):



Lucas 2: 8 Ora, havia naquela mesma região pastores que estavam no campo, e guardavam durante as vigílias da noite o seu rebanho. 9 E um anjo do Senhor apareceu-lhes, e a glória do Senhor os cercou de resplendor; pelo que se encheram de grande temor. 10 O anjo, porém, lhes disse: Não temais, porquanto vos trago novas de grande alegria que o será para todo o povo: 11 É que vos nasceu hoje, na cidade de Davi, o Salvador, que é Cristo, o Senhor. 12 E isto vos será por sinal: Achareis um menino envolto em faixas, e deitado em uma manjedoura. 13 Então, de repente, apareceu junto ao anjo grande multidão da milícia celestial, louvando a Deus e dizendo: 14 Glória a Deus nas maiores alturas, e paz na terra entre os homens de boa vontade.

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

VIDEOS GAMES - UMA GUERRA FALSA VISANDO UMA VITÓRIA INÚTIL - VENHA LUTAR POR ALGO QUE REALMENTE VALE A PENA O EVANGELHO:



"VIDEOS GAMES NÃO SÃO PECADO SÃO SÓ ESTÚPIDOS" Mark Driscoll.

O VERDADEIRO JESUS DOS EVANGELHOS:



QUEM É JESUS?
Uns dizem que Ele foi um revolucionário, outros que Ele foi um profeta como muitos que existem no Velho Testamento (Isaías, Samuel, Jeremias, Elias, Eliseu, etc.), outros ainda dizem que Ele é um “mentor espiritual”, “espírito evoluído”, etc.
Tudo errado!!!!!!

JESUS É DEUS QUE VEIO EM CARNE PARA NOS DAR TESTEMUNHO DA SUA EXISTÊNCIA, EXEMPLO DE CONDUTA A SER SEGUIDO PARA QUE POSSAMOS SER DIGNOS DE IRMOS, APÓS NOSSA MORTE, VIVER NO SEU REINO QUE SERÁ DE ETERNIDADE EM ETERNIDADE. E O MAIS IMPORTANTE, VEIO MORRER POR NÓS COMO ÚNICO HOMEM SEM PECADO PARA A REMISSÃO DOS NOSSOS PECADOS E FAZER A NOSSA RECONCILIAÇÃO COM DEUS (O PAI).

Aqui abro um parênteses, Deus é um Deus Triunico, ou seja, Ele é um ser em três essências, Pai, Filho e Espírito Santo,  um exemplo para entendermos melhor , assim como  água continua sendo água quando está em formato de gelo ou em forma de vapor, Deus é Deus, em Jesus e no seu Espírito Santo que vive na alma do Verdadeiro Cristão.  Nós também temos três essências, somos: corpo (carne), alma e espírito.
Onde temos da Bíblia a prova de que Jesus é Deus, em vários lugares nos Evangelhos e nas Epístolas de São Paulo Apóstolo, mas o texto mais bonito e esclarecedor está no Evangelho de São João, Capítulo 1, versículo 1 a 4:

1  NO princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus.
2  Ele estava no princípio com Deus.
3  Todas as coisas foram feitas por ele, e sem ele nada do que foi feito se fez.
4  Nele estava a vida, e a vida era a luz dos homens.

Onde Temos na Bíblia que Jesus deixou a sua Glória como Rei para vir como homem humilde nos redimir com Deus Pai: "Porque já sabeis a graça de nosso Senhor Jesus Cristo que, sendo rico, por amor de vós se fez pobre; para que pela sua pobreza enriquecêsseis."  (II Coríntios 8 : 9)

O que aconteceu com Jesus?
Foi injustamente acusado, por pura inveja dos Fariseus, Sauduceus, Sacerdotes e Anciãos, dos Israelitas na época.  Após crucificado e morto e enterrado, ressuscitou ao terceiro dia.

Aqui vejamos como ele ressuscitou, em um corpo Glorificado (outro tipo de matéria corpórea que não conseguirmos compreender), ou seja, no corpo que teremos quando estivermos no Reino dos Céus, após a nossa morte, claro se não formos para o inferno, devido ao nosso egoísmo e ignorância em entender e praticar as coisas que Jesus veio nos ensinar.

O que todo ser humano deve fazer para começar a viver as coisas de Deus e se transformar numa nova criatura, com Jesus em seu coração.

"A saber: Se com a tua boca confessares ao Senhor Jesus, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo."  (Romanos 10 : 9)

Portanto, apenas aquele que reconhece que Jesus é Deus e que Ele ressuscitou dentre os mortos, será salvo, vejam acima, diz, confessares com sua boca e em seu coração, ou seja, primeiramente nós temos que buscar a crer na verdade de Deus, que está na Bíblia em nosso coração, (A BÍBLIA NÃO É UM LIVRO COMUM, É UM COMPÊNDIO DE LIVROS COM FATOS ESCRITOS MEDIANTE INSPIRAÇÃO DIVINA), como esse texto que estou escrevendo agora, pois, impossível entender as coisas de Deus sem buscá-las, crer nelas, e pedir a Deus a ajuda de seu Santo Espírito.

Vamos deixar preconceitos de lado e passar a ver que sem Jesus, todos já estamos mortos, porque, abrimos mão da vida eterna, para viver uma vida transitória e efêmera que quanto muito passará de 80 anos. 

Pensem nisso todos que lerem essa postagem. (por liroba).

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

COMO ALEGRAR A DEUS E RECEBER SUAS BENÇÃOS?


Para alegrar a Deus e receber todas a bençãos que Ele tem para nos dar: 

1) NÃO AME O MUNDO (1Jo 2.15 Não ameis o mundo, nem o que há no mundo. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele.);

2) NÃO SEJA AMIGO DO MUNDO (Tg 4.4 Infiéis, não sabeis que a amizade do mundo é inimizade contra Deus? Portanto qualquer que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus.);

3) NÃO SE CONFORME COM O MUNDO (Rm 12.2 E não vos conformeis a este mundo, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.).

Entendendo como mundo, todas as coisas pecaminosas que existem e que satisfazem nossos desejos carnais, tais como: mentira, lascívia, bebedices, adultério, sexualidade liberal, libertinagem, avareza, vaidade, inveja, soberba, arrogância, etc.etc.etc...

RESUMINDO: FUJA DO PECADO!!!

Vamos buscar todos os dias apenas nos satisfazer com o amor de Jesus em nosso coração, pois, essa satisfação NÃO é momentânea ela dura para sempre e é infinitamente melhor do que a satisfação mundana. (por liroba)

domingo, 2 de dezembro de 2012

ORAÇÃO EFICAZ - SUAS REGRAS - SEGUNDO JOÃO CALVINO:


Para Calvino, a oração não podia ser realizada sem disciplina. Ele escreveu: “Se não fixamos certas horas do dia para a oração, ela escapará “. Ele prescreveu varias regras para orientar os crentes a oferecerem oração fervorosa e eficaz.

1. A primeira regra é um senso sincero de reverência.
Na oração, precisamos estar “dispostos de coração e mente, como convém àqueles que entram em conversa com Deus”. Nossas orações devem brotar do “fundo de nosso coração”. Calvino recomendava uma mente e um coração disciplinados, afirmando: “As únicas pessoas que se preparam devida e apropriadamente para orar são aquelas que são movidas de tal maneira pela majestade que, livres dos cuidados e afeições terrenos, se aproximam da oração”.

2. Segunda regra é um senso sincero de necessidade e arrependimento.
Temos de “orar com um senso sincero de carência e arrependimento”, mantendo “a disposição de um pedinte”. Calvino não estava dizendo que os crentes devem orar em favor de cada capricho que surge em seu coração, e sim que devem penitentemente, de acordo com a vontade de Deus, tendo em foco sua glória e anelando resposta, “com afeição sincera, e, ao mesmo tempo, desejando obtê-la de Deus”.

3. Terceira regra é um senso sincero de humildade e confiança em Deus.
A verdadeira oração exige que “abandonemos toda confiança em nós mesmos e supliquemos humildemente o perdão”, confiando somente na misericórdia de Deus para recebemos bênçãos espirituais e temporais, lembrando sempre que a menor gota de fé é mais poderosa do que a incredulidade. Qualquer outra maneira de nos aproximarmos de Deus promoverá o orgulho, que será letal. “Se reivindicarmos algo para nós mesmo, por mínimo que seja”, estaremos em perigo de destruir a nós mesmo na presença de Deus.

4. A regra final é ter um senso sincero de esperança confiante.
A confiança de que nossas orações serão respondidas não surge de nós mesmos, mas do Espírito Santo agindo em nós. Na vida dos crentes, a fé e a esperança vencem o temor, para que sejamos capazes de pedir “com fé, em nada duvidando” (Tg 1.6). Isso significa que a verdadeira oração é confiante na resposta, por causa de Cristo e do pacto, “pois o sangue de nosso Senhor Jesus Cristo sela o pacto que Deus estabeleceu conosco”. Assim, os crentes se aproximam de Deus com ousadia e entusiasmo porque essa “confiança é necessária à verdadeira invocação... que se torna a chave que abre a porta do reino dos céus”.

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

DEUS ACALMA MINHA ALMA!


DIZ O SALMO 131
1 Senhor, o meu coração não é soberbo, nem os meus olhos são altivos; não me ocupo de assuntos grandes e maravilhosos demais para mim.
2 Pelo contrário, tenho feito acalmar e sossegar a minha alma; qual criança desmamada sobre o seio de sua mãe, qual criança desmamada está a minha alma para comigo.
3 Espera, ó Israel, no Senhor, desde agora e para sempre.


A Bíblia diz no livro de Jeremias (17.9) que enganoso e perverso é o coração do homem, quando a Bíblia fala de coração, está se referindo as nossas vontades mais profundas que encontram-se na nossa alma, as quais somente Deus pode esquadrinhar.

Quando Davi ao escrever o salmo 131, disse que tinha acalmado e sossegado sua alma, significa que os seus desejos mais íntimos estavam adormecidos. Aqueles desejos que vem do engano de um coração corrompido pela vontades mundanas.

Temos a partir da fé e da busca incessante a Deus, imprimir em nossa alma, em nosso coração, somente a vontade de Deus para nós, Ele sabe o que é melhor e correto, Ele nos ensina através da sua palavra os caminhos da retidão moral bíblica, que são muito diferentes daquela suposta moral relativista que existe nesse mundo.

Deus conhece as nossas fraquezas, mas está disposto a nos transformar, caso nós reconheçamos que somos fracos, pecadores e nos arrependamos das nossas atitudes carnais. Assim Deus fará todas as transformações necessárias no nosso caráter, através de seu Espírito Santo, para nos transformar num canal de bênçãos, usado por Ele, com a força que somente vem da vitória de Jesus na cruz do calvário.

Vamos pedir como o salmista Davi a Deus que Ele acalme e sossegue nossa alma, com o seu amor ágape. (por liroba)

terça-feira, 27 de novembro de 2012

CONFERÊNCIA NA FACULDADE MACKENZIE - CRISTIANISMO E MODERNIDADE - PALESTRA PRELETOR - PAUL WASHER



A VERDADE QUE MUITOS NÃO QUEREM VER É AQUI BRILHANTEMENTE EXPLICADA E DESVENDADA.

domingo, 25 de novembro de 2012

terça-feira, 20 de novembro de 2012

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

“ESSA GUERRA NÃO É VOSSA, MAS DE DEUS”:


Reflexão inspirada no texto de 2ª Crônicas capítulo 20 .

Existia um rei em Judá (Israel) que era fiel a Deus, um dia um enorme exército inimigo veio contra a ele , a Bíblia diz “vem contra ti uma grande multidão dalém do mar da síria.” (2Crônicas 20.2)

Vendo a real situação de seu exército e sendo humilde tal rei, pediu ajuda a Deus, “Temeu Josafá (o rei) , e pôs-se a buscar ao Senhor..” (2Crônicas 20.03).

Vendo a fé do rei e o esforço do povo e seguir seu exemplo, Deus responde o seguinte: “e disse Deus: Dai ouvidos todo o Judá, e vós, moradores de Jerusalém, e tu, ó rei Josafá. Assim vos diz o Senhor: Não temais, nem vos assusteis por causa desta grande multidão, PORQUE A GUERRA NÃO É VOSSA, MAS DE DEUS.” (2Crônicas 20.15).

O fim da história o leitor terá que ver no capítulo 20 de 2ª Crônicas, tá bom!.

Agora vamos aprender com a Bíblia, veja na história do reinado de Josafá, temos um rei que obedece a Deus e que de inopino se vê encurralado por um exército tão grande que poderia destruir seu reino, mas o que Ele fez, buscou a Deus, reconheceu sua fraqueza, foi humilde e obteve resposta, pois, realmente acabaram vencendo a guerra sem sequer lutar, apenas foram no acampamento inimigo buscar os despojos.

Agora eu pergunto a você caro leitor, o que você faz? Quando a situação aperta, a aflição aumenta, a oposição pressiona. Você, murmura, reclama, fica “bravo com Deus”, blasfema, peca, etc.. OU.. você faz como o rei Josafá, que admitiu sua fraqueza diante da situação e buscou a ajuda daquele que pode vencer qualquer batalha, pois é o Senhor dos Exércitos, o nosso único Deus.

Amigos as lutas sempre virão na nossa vida, guerras que não temos condições de enfrentá-las sozinhos, pois, sem Deus podemos ter até pequenas vitórias em algumas batalhas, mas a guerra principal já está perdida.

Voltemos a Deus, através do nosso Senhor Jesus Cristo, busquemos sua proteção, ensinamento, disciplina, amor e discernimento, que ai seremos sempre mais do que vencedores, como o apóstolo Paulo diz em Romanos 8. 37 - Mas em todas estas coisas somos mais que vencedores, por aquele que nos amou. (JESUS CRISTO DE NAZARÉ). – por liroba.

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

SÉRIE DE PEQUENOS VÍDEOS DE ESTUDOS DEVOCIONAIS SOBRE A GLÓRIA DE DEUS, POR JOHN PIPER:

01/05- PORQUE DEUS NOS CRIOU?


02/05 - COMO FALHAMOS EM VIVER SOMENTE PARA A GLÓRIA DE DEUS?


03/05 - PORQUE JESUS VEIO AO MUNDO?


04/05 - COMO É TER UMA VIDA, QUE CRISTO RESGATOU.


05/05 - A CONSUMAÇÃO DE TODAS AS COISAS - TUDO FAZ PARTE DO PLANO DE DEUS:

domingo, 11 de novembro de 2012

VEJA A DIFERENÇA ENTRE pASTOR "profissional" E O SERVO DE DEUS QUE APENAS EXPOE O EVANGELHO DE CRISTO:


AQUI O PASTOR PROFISSIONAL - AQUELE QUE PREGA A TEOLOGIA DA PROSPERIDADE FINANCEIRA:
Seus movimentos são fria e milimetricamente calculados. Caminhar lento e passos firmes. Olhar penetrante, persuasivo, e fala convincente, com alternâncias de tonalidade e volume. Um levantar de mãos aqui, um soco no ar ali, e desse modo ele vai conduzindo a sua reunião "profética". Nada disso, no entanto, se dá antes que o grupo de louvor engendre a atmosfera emocional propícia, que tenha o condão de fazer fluir lágrimas pelo rosto dos ouvintes ou, ao revés, os conduza à visualização de uma situação de guerra, em marcha, muito bem delineada pelas películas retumbantes da bateria e pelos gestos efusivos das dançarinas. Ato dois: os fieis se encontram à sua mercê. Hipnotizados, anestesiados pela "unção" que parece emanar da epiderme do pregador. Transpiração, calafrios, choro e rajadas de línguas permeiam o ambiente. Até que, sob a orientação do pseudo-mensageiro, quão logo se dispersa a “atmosfera espiritual”, apanham a Escritura, abrem-na e leem um único versículo - quando não são desencorajados a abri-la. Tomam assento. Inicia-se a interminável digressão do pregador, sob um tema sempre curioso, intrigante ou cabalístico, que introduz a aura gnóstica de revelação só a ele acessível, por óbvio. O texto é o ponto de partida, mas não o de chegada; aponta a direção, mas interessam mais os desvios do caminho. Ao final do sermão, exclamam um e outro: "por dezenas de vezes li tal texto e nunca notei o aludido pelo pregador. Verdadeiramente ele é um homem ‘ungido’”! Não me refiro a Jonas Nightengale, o ficto evangelista protagonizado por Steve Martin em Fé demais não cheira bem, mas à figura do pastor — neopentecostal — de nosso tempo.


AQUI OS ESCRAVOS DE CRISTO QUE APENAS QUEREM EXPOR O VERDADEIRO EVANGELHO:
Por conseguinte, apelo: pastor, exponha a Cristo crucificado, e não suas técnicas persuasivas de manipulação de massas. Já foi dito que o púlpito não é um local para discurso acerca de preferências e opiniões pessoais, para pirotecnias ou extravasar de megalomanias, mas para a fiel exposição da Sagrada Escritura. Utilizar-se do momento de maior preeminência durante um culto público para turvar mais ainda a visão daqueles que já andam a tatear em um contexto cristão de absoluto analfabetismo bíblico é um atentado contra a obra do Senhor. A pregação do evangelho, no dizer de Calvino, é centro da vida e obra da igreja. Tal momento não serve de palanque para teatralidade ou demonstração de uma espiritualidade que mais estatui um sistema de castas, à semelhança do existente na Igreja Romana, levando as ovelhas a vislumbrar um “nível de intimidade com Deus” ao qual elas nunca chegarão. Entenda que os pregadores de maior destaque na história da igreja foram aqueles que não se apegaram a nenhuma forma de exibicionismo ou a subterfúgios psicológicos, antes se esvaziaram até que nada mais de si restasse. Compreenderam que, ao se apequenar, pela graça de Deus, poderiam se fazer hábeis instrumentos nas mãos do Senhor. Compreenderam que ao Senhor pertence a glória, no diapasão do dizer de C. H. Spurgeon, ao exprimir seu anseio como cooperador do Reino, nas seguintes palavras: “que eu seja sepultado em algum lugar silencioso, onde as folhas caem e os pássaros brincam e onde as gotas de orvalho brilham nos raios de sol; e se acaso tenha que ser escrito algo sobre mim, que seja o seguinte: "aqui jaz o corpo de um "João Ninguém", esperando pelo surgimento de seu Senhor e Salvador, Jesus Cristo". É necessário que Ele cresça e nós diminuamos (Jo 3:30).

Paulo, o abnegado apóstolo, ao pregar aos cristãos de Corinto deixou-lhes claro que não fez sobressaltarem os seus dons naturais como se o evangelho de Jesus se resumisse à ostentação de linguagem ou de sabedoria (1 Co 2:1), mas que não teve outro objetivo a não ser expor a Cristo e este crucificado (1 Co 2:2). O apóstolo não somente entendia o que estritamente lhe competia anunciar, como despenseiro que da obra de Deus, contudo também se encontrava imbuído até as entranhas por um santo temor por entender que sua incumbência não estava calcada em mérito pessoal, e sim na transbordante misericórdia proveniente de Deus (2 Co 4:1). A mensagem do evangelho não demanda muletas para que alcance plena eficácia, métodos mirabolantes que o façam mais atrativo para quem deseja uma religião que o faça lembrar-se de tudo que o agrada no mundo. E nesse itinerário tudo é permitido, sob a bandeira do pragmatismo: o importante são os resultados, não importando os meios.

O evangelho autêntico continua a ser o poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê. O pregador não necessita de lançar mão de outro meio a não ser a fiel exposição da Escritura. Ora, penso que se o evangelho se constituísse em algo alcançável mediante esforços intelectuais ou cognitivos, seria perfeitamente lícito ao homem, além de gloriar-se por seus próprios méritos, entupi-lo com toda a sorte de mecanismos psicológicos para arrebanhar uma gama de simpatizantes que sequer cogitam o porquê de poderem se declarar cristãos e de serem verdadeiramente salvos. Não é este, porém, o evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo, o qual não atribui glória a homem algum, mas confere única e exclusivamente a Si mesmo, o Senhor da Glória, todo o louvor, majestade, domínio, aclamação, honra pelos séculos dos séculos. Não a nós Senhor, não a nós, mas ao teu nome dá glória, por amor da tua misericórdia e fidelidade (Sl 115:1). "Sola scriptura" (Retirado do site: Pérolas do Evangelho)

Minha opinião: Vejam a foto que coloquei nessa postagem, infelizmente é a pura verdade, hoje em dia, as pessoas que ainda não foram convertidas pelo Espírito Santo de Deus, buscam um "evangelho" que corresponda com sua vaidades, ambições e desejos e por isso, vão as igrejas que falem a "sua língua". 

É fato que o evangelho de Cristo, é de negação, renuncia e humildade, para através do amor evangelizarmos as outras pessoas. Deus nos quer prósperos sim, é claro, mas em primeiro lugar em nosso coração, com paz, amor, serenidade, confiança, fé, coragem, perseverança e DESPRENDIMENTO MATERIAL. Depois, que tudo isso acontece Deus também irá ver o nosso lado financeiro, mas nesse ponto, O DINHEIRO NÃO TERÁ MAIS VALOR NENHUM NA NOSSA VIDA e todo o dinheiro que ganharmos será em primeiro lugar utilizado para as boas obras, pois, a Bíblia diz que a fé sem obras é morta. O caminho da cruz é de aflições e provas que levam ao aperfeiçoamento, ou seja, nos tornarmos um pequeno Cristo. 

Fico triste com a existência de pastores profissionais, mas isso faz parte do plano de Deus, pois, Paulo já disse em 2 Coríntios 11. 13 - Pois os tais são falsos apóstolos, obreiros fraudulentos, disfarçando-se em apóstolos de Cristo. Existiam na época de Paulo e existem hoje, o importante é que Deus esta no controle de tudo. (por liroba).

sexta-feira, 9 de novembro de 2012

DEVEMOS NOS ENTREGAR TOTALMENTE A DEUS.



A devoção à Deus com inteireza de coração e com quebrantamento de alma e o princípio de um caminho que nos levará a entrega completa do nosso “eu” a Deus. Deus nos quer por inteiro e não dividido entre as nossas vontades e fraquezas e a nossa fé Nele.

A entrega vem como o exercício da Fé, a Bíblia nos diz, no Salmo 37. 5 - Entrega o teu caminho ao Senhor; confia Nele, e Ele tudo fará.

Entregar o teu caminho significa tudo, a sua vida, os seus sonhos, os seus desejos, a tua família, tudo mesmo. Através da fé e da devoção, feitas em oração e súplicas, todos os dias, pois, assim vamos aumentando nossa comunhão com Deus e vamos sendo moldados na alma para vivermos a vida que Ele deseja para nós.

O puritano Presbiteriano, Jonathan Edwards, disse o seguinte, sobre aqueles que se entregam completamente a Deus: “podem [estar] certos de seu amor e favor, certos de sua direção em todos os seus caminhos, certos de que nenhum mal sobrevirá sobre você, certo de que o que quer que sobrevir sobre você é para o seu bem”. Tudo isso irá segundo ele nos capacitar a “repousar e descansar calma e seguramente no meio das tempestades e tormentas, sem temor algum, sabendo que você está nas mãos de Deus onde nada pode lhe machucar.”

Deus protege àqueles que são realmente seus, e segundo o Salmo 91. 4 – Ele te cobrirá com as suas penas, e debaixo das suas asas estarás seguro;

Porque será que às vezes é tão difícil para nós se entregar a Deus e confiar plenamente, seria a nossa fé, seria o nosso pecado, seria o mundo que nos rodeia e contamina, não sei, só sei que buscando a Deus todos os dias em oração, como amor, arrependimento e gratidão, Ele se manifesta e nos prepara, nos ensina, nos ama e cada dia mais a nossa confiança no nosso “aba pai” (paizinho), aumentará. Que Deus continue agindo nas nossas vidas, amém! LEIAM O SALMO 121 - LINK - SL.121.  (por liroba).

Veja quem foi Jonathan Edwards: 
Jonathan Edwards (5 de outubro de 1703 - 22 de março de 1758) foi pregador congregacional,teólogo calvinista e missionário aos índios americanos, e é considerado um dos maiores filósofosnorte-Americano.
O trabalho teológico de Edwards é muito abrangente, com sua defesa da teologia reformada, a metafísica do determinismo teológico, e a herança puritana. Edwards teve um papel fundamental na formação do primeiro Grande Despertar e supervisionou alguns dos primeiros fogos de avivamento em 1733-1735 na sua igreja em Northampton, Massachusetts. O sermão de Edwards "Pecadores nas Mãos de um Deus Irado", é considerado um clássico da literatura americana inicial, o que ele fez durante outra onda de renascimento em 1741, após a visita de George Whitefield as Treze Colônias. (fonte Wikipédia - link: Jonathan Edwards Wikipédia)

segunda-feira, 5 de novembro de 2012

ASSISTA ESSE TRISTE TESTEMUNHO - EM TUDO DAI GRAÇAS, SEMPRE!! (As vezes nós temos a audácia de reclamar com Deus quando acontece coisas que nos desagradam, Deus nos perdoe!)



O filho desse casal tem problemas mentais (autismo) e de crescimento. A Esposa está com câncer nível quatro, acredito em estágio muito avançado. E eles estão firmes na Rocha que é Jesus, dando graças a Deus  por estarem sendo amparandos, fortalecidos e amados por Deus. Vamos agradecer a Deus pela vida que  Ele nos proporciona. 

sexta-feira, 2 de novembro de 2012

NOSSO DEUS NÃO É DEUS DOS MORTOS E SIM DOS VIVOS!


Hoje, salvo exceções, muitos vão aos cemitérios, não para simplesmente cuidar do local onde os restos carnais do seus parentes, foram enterrados, infelizmente muitas pessoas, vão ao cemitério para de certa forma cultuar o seu morto.  Cuidado apenas devemos prestar culto a Deus, ok!

A morte é triste claro que sim, pois, iremos nos afastar daqueles que amamos e convivemos, mas como disse o Apóstolo Paulo na sua carta aos Filipenses capitulo 1. 21, Porque para mim o viver é Cristo, e o morrer é lucro. O que ele quer dizer é que para aquele que morre em Cristo, ou seja, verdadeiramente convertido em uma nova criatura, que busca a santificação e com fé e perseverança está trilhando o caminho que Jesus nos abriu, NÃO AMA ESSE MUNDO E O SEU MAIOR DESEJO É UM DIA PODER ESTAR COM DEUS NA VIDA ETERNA. Pois, essa pessoa sabe que sua alma e seu Espírito são eternos, isso, repito, somente em Cristo Jesus.

Deixo a critério dos leitores interpretarem o que acontece, segundo a Bíblia, com aqueles que morrem em pecado e longe dos caminhos da cruz, se enganando com religiosidade, dogmas e tradições.

Jesus Cristo diz claramente nos evangelhos, que o nosso Deus é Deus de vivos e não de mortos, portanto, para aqueles que crêem nisso a morte, em Cristo Jesus é um feliz passo para a nossa verdadeira vida, aquela para qual Deus nos preparou durante toda a nossa carreira cristã, ou seja, a vida eterna , nas Regiões Celestes. Para mim também o viver é Cristo e o morrer é ganho. E para você? (por liroba)

"Eu sou o Deus de Abraão, o Deus de Isaque, e o Deus de Jacó? Ora, Deus não é Deus dos mortos, mas dos vivos."  (Mateus 22 : 32)

"Ora, Deus não é de mortos, mas sim, é Deus de vivos. Por isso vós errais muito."
 (Marcos 12 : 27)

"Ora, Deus não é Deus de mortos, mas de vivos; porque para ele vivem todos."
 (Lucas 20 : 38)

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

SAIBA COMO VENCER O PECADO EM APENAS DOIS MINUTOS!!!



EU BUSCO A JESUS TODOS OS DIAS PARA QUE A SUA LUZ IMPEÇA QUE AS TREVAS SE APROXIMEM DE MIM. ASSIM TODAS AS TENTATIVAS DO MAL PARA A MINHA VIDA SÃO FRUSTRADAS.

terça-feira, 23 de outubro de 2012

LOUVOR - EU DESEJO SER COMO VOCÊ - OUÇA E PRESTE ATENÇÃO NA LETRA.

PORQUE DEVEMOS ALEGRAR A DEUS?



Está escrito em Neemias 8, 10 parte final: “..Não vos entristeçais, pois a alegria do Senhor é a vossa força.”
Ao contrário do que se prega em igrejas que idolatram a prosperidade material, Deus não  tem nenhuma obrigação em nos fazer prosperar ou até mesmo nos abençoar, muito pelo contrário, todos pecamos e destituídos estamos da glória de Deus (Rm. 3.23), assim, todos nós viemos do pecado que vivíamos (ou vivemos ainda infelizmente) e Deus com sua infinita misericórdia (Lamentações 3.22) e soberania de escolha, por sua graça e sem nenhum mérito nosso, nos resgatou do mundo que jaz no maligno e nos levou a Jesus (isso com relação àqueles que realmente se converteram).

Agora que estamos vivendo em Cristo, crucificado com Ele, a nosso maior obrigação é alegrar a Deus e como fazemos isso? Jamais conseguiremos sozinhos, mas, Deus providenciou seu Santo Espírito para nos capacitar e guiar, assim, passamos a negar a nós mesmos, perdendo nossa vida, deixando nossos desejos mundanos de lado, passamos a buscar ser santos, por que nosso Deus é Santo, dando ouvido ao Seus ensinamentos, etc.. E todos os dias, Ele vê nosso enorme esforço, que sem seu poder em nós, seria totalmente em vão, mas Ele sonda o nosso coração e vê que mesmo sabendo que nada fazemos por nós mesmos continuamos tentando a ser aquilo que Deus espera de nós e Ele se alegra disso e nos dá força e poder para conseguir todos os dias um pouco mais sermos moldados a imagem de Cristo. E como está escrito no texto acima em destaque, somente fazendo Deus se alegrar é que nós teremos força para continuarmos nessa peregrinação até sermos dignos de alcançar a vida eterna. O que não podermos esquecer que essa obra é de Deus e que somos apenas instrumentos em Suas mãos, os quais, pela Sua graça, passamos a fazer parte de Seus propósitos. 

Por isso prestem atenção no que está escrito em Provérbios 8. 32 a 36:
32 Agora, pois, filhos, ouvi-me; porque felizes são os que guardam os meus caminhos.
33 Ouvi a correção, e sede sábios; e não a rejeiteis.
34 Feliz é o homem que me dá ouvidos, velando cada dia às minhas entradas, esperando junto às ombreiras da minha porta.
35 Porque o que me achar achará a vida, e alcançará o favor do Senhor.
36 Mas o que pecar contra mim fará mal à sua própria alma; todos os que me odeiam amam a morte.

Por tudo isso, temos que em primeiro lugar buscar a Deus em orações e súplicas, pois, assim andaremos nos Seus caminhos e daremos ouvidos aos Seus ensinamentos que estão na Sua palavra, a Bíblia.

Então alegrando ao Senhor, teremos: FORÇA, SABEDORIA E PAZ VERDADEIRA, QUE VEM DE JESUS CRISTO NOSSO ÚNICO SENHOR E SALVADOR. (por liroba)  

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

EU E MINHA CASA SERVIREMOS AO SENHOR?


Josué o sucessor de Moisés que fez todo o povo Hebreu entrar finalmente, após quarenta anos, na terra prometida, fala o seguinte ao povo, como seu líder:
-Josué 24. 14 Agora, pois, temei ao Senhor, e servi-o com sinceridade e com verdade; deitai fora os deuses a que serviram vossos pais dalém do Rio, e no Egito, e servi ao Senhor.
15 Mas, se vos parece mal o servirdes ao Senhor, escolhei hoje a quem haveis de servir; se aos deuses a quem serviram vossos pais, que estavam além do Rio, ou aos deuses dos amorreus, em cuja terra habitais. Porém eu e a minha casa serviremos ao Senhor.
16 Então respondeu o povo, e disse: Longe esteja de nós o abandonarmos ao Senhor para servirmos a outros deuses:

Será que se alguém lhe perguntar como Josué fez, você responderia o que está no versículo 16.
Ai, você vai me dizer, que eu estou alegando a possibilidade de você estar servindo a outros deuses. Sim estou! E posso provar, quer ver:
A maioria das pessoas são assim (eu também fui, é claro), ou seja, possuem inúmeros outros deuses na sua vida, e veja bem não estou aqui falando de idolatria a santos não, estou falando de egoísmo, materialismo, mundanismo, etc..

1-Egoismo:
As pessoas idolatram em primeiro lugar a si mesmas, pois, são egoístas, isso é fato, quantas vezes nós ouvimos alguém dizer, esse tipo de frase: “Se eu estiver com a razão e pisarem no meu calo a pessoa vai ver só o que eu posso fazer.” Quer maior demonstração de egoísmo do que está, em primeiro lugar Jesus disse para amarmos o próximo como Ele nos amou e disse ainda, para amarmos nossos inimigos.
-Mateus 5. 44 Eu, porém, vos digo: Amai aos vossos inimigos, e orai pelos que vos perseguem; 45 para que vos torneis filhos do vosso Pai que está nos céus; porque ele faz nascer o seu sol sobre maus e bons, e faz chover sobre justos e injustos.

2-Materialismo:
Quem quer dinheiro???? Essa frase famosa da televisão, não é a toa que as pessoas vibram quando o Silvio faz aqueles aviõezinhos. A bíblia diz que o amor ao dinheiro é a raiz de todos os males. Veja abaixo o conselho que o Apóstolo Paulo da ao seu filho na fé, Timóteo.
-1Timóteo 6. 10 Porque o amor ao dinheiro é raiz de todos os males; e nessa cobiça alguns se desviaram da fé, e se traspassaram a si mesmos com muitas dores.
Isso porque, passamos a idolatrar o dinheiro e nos tornamos escravos dele, irmãos o dinheiro tem que nos servir e não nós sermos servos do dinheiro.
A bíblia não diz que é errado ter dinheiro, diz que é errado amar ao dinheiro acima de tudo, com isso vem o amor as coisas materiais, o que é idolatria. Pois, temos que amar a Deus acima de todas as coisas.


3-Mundanismo
Amar as coisas do mundo e seguí-las, o mesmo que falo sobre o dinheiro falo sobre as coisas que o mundo nos oferece, tais como: festas, baladas, sexo, drogas, etc. Tudo isso que faz as pessoas adorar as sextas-feiras, será que você não adora mais o chopinho do final de semana do que a possibilidade de ter um tempo maior com Deus em oração e até mesmo indo na igreja com alegria, e também, ter um tempo maior com seus filhos, sua esposa, pois, a Bíblia diz para amarmos nossas esposas como Cristo ama a igreja (QUE SOMOS NÓS, OK!!).
Está escrito que o amor ao mundo nos afasta de Deus, vamos ler:
1ª João 2.  15 Não ameis o mundo, nem o que há no mundo. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele.
16 Porque tudo o que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não vem do Pai, mas sim do mundo.
17 Ora, o mundo passa, e a sua concupiscência; mas aquele que faz a vontade de Deus, permanece para sempre.

Agora voltemos a pergunta do início, um pouco modificada, você e sua casa estão realmente servindo a Deus verdadeiramente??? (pense nisso!) – por liroba.

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

DIFERENÇA ENTRE UM BEBÊ CRENTE E OUTRO ATEU, NO ÚTERO DE SUA MÃE:

No ventre de uma mulher grávida, dois bebês estão tendo uma conversa. Um deles é crente e outro ateu.

Bebê Ateu: Você acredita na vida após o nascimento?

Bebê Crente: Claro que sim. Todo mundo sabe que existe vida após o nascimento. Nós estamos aqui para crescer fortes o suficiente e nos preparar para o que nos espera depois.

Bebê Ateu: Bobagem! Não pode haver vida após o nascimento! Você pode imaginar como seria essa vida?

Bebê Crente: Eu não sei todos os detalhes, mas acredito que exista mais luz, e talvez a gente caminhe e se alimente lá.

Bebê Ateu: Besteira! É impossível andarmos e nos alimentarmos! É ridículo! Nós temos o cordão umbilical que nos alimenta. Eu só quero mostrar isso para você: a vida após o nascimento não pode existir, porque a nossa vida, o cordão, já é demasiado curta.

Bebê Crente: Eu estou certo de que é possível. Ela será um pouco diferente. Eu posso imaginá-la.

Bebê Ateu: Mas não há ninguém que tenha voltado de lá! A vida simplesmente acaba com o nascimento. E, francamente, a vida é apenas um grande sofrimento no escuro.

Bebê Crente: Não, não! Eu não sei como a vida após o nascimento será exatamente, mas em todo caso, nós encontraremos nossa mãe e ela cuidará de nós!

Bebê Ateu: Mãe? Você acha que tem uma mãe? Então, onde ela está?

Bebê Crente: Ela está em toda parte à nossa volta, e nós estamos nela! Nós nos movemos por causa dela e graças a ela, nós vivemos! Sem ela, nós não existiríamos .

Bebê Ateu: Bobagem! Eu nunca vi uma mãe; portanto, não existe nenhuma.

Bebê Crente: Eu não posso concordar com você. Na verdade, às vezes, quando tudo se acalma, nós podemos ouvi-la cantar e sentir como ela acaricia o nosso mundo. Eu acredito fortemente que a nossa vida real começará somente após o nascimento. Eu creio! fonte esboçando idéias

domingo, 7 de outubro de 2012

O QUE JESUS CRISTO FEZ E FAZ POR NÓS TEM QUE SER ENTENDIDO - ouça essa canção e leia com atenção as legendas:


Salmos 103. 12 Quanto o oriente está longe do ocidente, tanto tem ele afastado de nós as nossas transgressões.

Isaías 53.3 Era desprezado, e rejeitado dos homens; homem de dores, e experimentado nos sofrimentos; e, como um de quem os homens escondiam o rosto, era desprezado, e não fizemos dele caso algum.
4 Verdadeiramente ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e carregou com as nossas dores; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus, e oprimido.
5 Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e esmagado por causa das nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados.
6 Todos nós andávamos desgarrados como ovelhas, cada um se desviava pelo seu caminho; mas o Senhor fez cair sobre ele a iniqüidade de todos nós.

quinta-feira, 4 de outubro de 2012

domingo, 30 de setembro de 2012

SER CRISTÃO VERDADEIRO IRÁ TE CUSTAR TUDO!!



Se você não está disposto a perder sua vida por amor de Cristo é porque você ama mais o mundo do que a Deus, e infelizmente, você ainda não é realmente convertido a verdade do Evangelho de Jesus Cristo.

sábado, 29 de setembro de 2012

SER CRISTÃO É PERDER A VIDA - Mateus 10.38 e 39.



Você que se intitula Cristão está disposto a dar a sua vida pelo amor de Cristo?
Como acontece nesses países que perseguem e proíbem a pregação do evangelho.

Mateus 10. 38-E quem não toma a sua cruz, e não segue após mim, não é digno de mim.
39-Quem achar a sua vida perdê-la-á, e quem perder a sua vida por amor de mim achá-la-á.

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Ator Denzel Washington revela experiência com o Espírito Santo e hábito de ler a Bíblia diariamente: “Isso é o que tem me abençoado”

O ator Denzel Washington, 57 anos, vencedor do Oscar por duas vezes, declarou em recente entrevista que sua vida mudou após ter recebido o Espírito Santo.

Declaradamente evangélico, Washington afirmou à revista GQ que tem como hábito diário a leitura da Bíblia, e que isso o inspira a fazer a diferença. A entrevista do ator foi concedida durante o intervalo das filmagens de seu novo filme, “2 Guns” (ainda sem título oficial em português), em que contracena com o ator Mark Wahlberg. A entrevista foi reproduzida em parte pelo site Urban Christian News.

-Leio a Bíblia todos os dias, ela é minha palavra diária. Li algo muito legal ontem: “Nós não aspiramos só viver a vida, aspiramos fazer a diferença” – revelou o ator, que ficou conhecido por seus papéis em “Tempo de Glória” e “Dia de Treinamento”, que renderam a ele as estatuetas do Oscar, além de “Um Grito de Liberdade”, “Deja Vu”, “Um Anjo em Minha Vida” e mais recentemente, “O Sequestro do Metrô 123” e “O Livro de Eli”, entre outros, que somam 41 filmes no total.

Denzel Washington contou ainda que sua primeira experiência sobrenatural com a manifestação do Espírito Santo ocorreu há muito tempo atrás: “Foi há trinta anos, na igreja que eu ainda frequento. O pastor estava pregando: ‘Deixa fluir’. Eu disse, ‘vou deixar’, conta o ator, antes de descrever o momento: “Eu tive uma tremenda experiência física e espiritual. O que me assustou é que eu estava com a língua enrolada, chorando, suando. Minhas bochechas pareciam que iam explodir. Foi como uma limpeza. Foi algo muito intenso… Liguei para minha mãe, e ela disse que eu estava sendo cheio do Espírito Santo”.

Considerado um dos mais importantes atores de Hollywood atualmente, Denzel Washington ressaltou a importância da espiritualidade em seu sucesso profissional: “A espiritualidade é importante em todos os aspectos da minha vida. Quero dizer, é por isso que eu estou aqui. Isso é o que tem me abençoado”.
(fonte: Gospel+)

terça-feira, 25 de setembro de 2012

COMO VOCÊ ANDA ENGRANDECENDO (GLORIFICANDO) JESUS CRISTO NA SUA VIDA?


FILIPENSES 1. 20 - segundo a minha ardente expectativa e esperança, de que em nada serei confundido; antes, com toda a ousadia, Cristo será, tanto agora como sempre, engrandecido no meu corpo, seja pela vida, seja pela morte.

Deus nos criou para sua Glória (Isaías 43. 7) e a palavra diz que o Pai será glorificado no filho (João 14. 13), contudo, e infelizmente existem aqueles que se intitulam “cristãos”, mas continuam sendo, seres humanos carnais e egoístas, e ai, ao exemplo daquele fariseu que foi no templo orar junto com o publicano* (leia em Lucas 18, 9 a 14). Esse falso Cristão, começa a engrandecer a Cristo, através de seu microscópio egocêntrico, ou seja, olha de cima para baixo acreditando que a sua, suposta fé e dedicação, fazem Jesus Cristo e Deus, crescerem, ao meu ver, isso simplesmente é ridículo.

Agora o verdadeiro Cristão é o publicano dessa parábola que diz no versículo 13 de Lucas capitulo 18 - Mas o publicano, estando em pé de longe, nem ainda queria levantar os olhos ao céu, mas batia no peito, dizendo: ó Deus, sê propício a mim, o pecador!

O verdadeiro Cristão engrandece ao Senhor Jesus, olhando-o com um telescópio espiritual, ou seja, Deus é tão grande que temos, devido ao nosso pecado e a nossa ínfima insignificância, perto Dele, que olhá-lo de baixo para cima e ainda não conseguiremos ver com toda a clareza o quão grande e poderoso Ele é.
Como você anda engrandecendo a Deus, no seu dia a dia, será que você ao menos tenta agradar a Deus em alguns momentos de sua vida?!

Na parábola apenas aquele que enxergou o seu verdadeiro lugar (o publicano humilde) é que saiu justificado, ou seja, perdoado e aceito por Deus, veja o que Jesus diz em LUCAS 18. 14 - Digo-vos que este (publicano) desceu justificado para sua casa, e não aquele; porque todo o que a si mesmo se exaltar será humilhado; mas o que a si mesmo se humilhar será exaltado.  (por liroba)

*PUBLICANO: Judeu coletor de impostos para o império romano, visto por todos os judeus como corrupto e traidor.

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

TODO CRISTÃO VERDADEIRAMENTE CONVERTIDO É UM SUPERHERÓI, POIS....

O que é ser Herói? é vencer um inimigo astuto, que me conhece profundamente e que quer me fazer voltar para o lado mal. 

Sabem quem é esse inimigo? eu mesmo, ou seja, minhas vontades de fazer coisas que desagradam a Deus.

Sabem quem é o Herói que me faz vencer? o Espírito Santo de Deus que habita em minha alma e me dá "superpoderes".



PAUL WASHER - A VERDADEIRA BATALHA ESPIRITUAL DE EFÉSIOS 6, 10 a 20.

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

SOMENTE A VERDADEIRA PRESENÇA DE DEUS NA NOSSA VIDA, PODERÁ NOS LEVAR A EXALTÁ-LO DESTA MANEIRA, ASSISTA E SE EMOCIONE:

VOCÊ REALMENTE CONHECE A DEUS, ELE FAZ PARTE DA SUA VIDA, CRISTÃ? Assista esse vídeo e leia com atenção as legendas.




Quem foi, Martyn Lloyd-Jones:
David Martyn Lloyd-Jones (20 de dezembro de 1899 - 1 de Março de 1981) foi um teólogo protestante na linha calvinista de origem galesa que foi influente na ala reformada do movimento evangélico britânico no século 20. Por quase 30 anos, ele era o ministro da Capela de Westminster, em Londres. Lloyd-Jones era um forte opositor da teologia liberal que se tornou uma parte de muitas denominações cristãs, considerando-a como uma aberranção.

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

QUAL A DOUTRINA QUE TENHO AFINIDADE:


Calvinismo, reformado e puritano, por quê?
1-creio que a Bíblia é a Palavra de Deus;
2-creio que o ser humano precisa ser salvo de seus próprios pecados e da ira de Deus – mais do que de qualquer outra coisa;
3-creio que somente o Evangelho da graça de Deus, que apresenta Cristo na cruz, pode salvar o pecador;
4-creio que o Espírito de Deus é quem regenera o pecador, dispondo-lhe o coração para crer no Evangelho.
5-creio que o pecador deve receber o Evangelho com fé e arrependimento, e viver debaixo do senhorio de Jesus Cristo em novidade de vida.
6-creio que santidade ainda é de suma importância.
7-creio na superioridade de uma cosmovisão bíblica sobre qualquer outra percepção da realidade;
8-creio que a Criação existe para expressar a glória de Deus, em seu amor e bondade;
9-Creio que hoje, sobre a Criação, atuam tanto a Queda como a Redenção –de modo que nada deve ser nem aceito nem rejeitado a priori;
10-Creio que os mandados da Criação – cultural, social e espiritual – são uma ótima forma de expressar santidade no mundo, glorificando, assim, nosso Criador-Redentor;
11-Creio que a exposição, explicação e aplicação das Escrituras, por pregadores piedosos e fiéis, é a necessidade mais urgente nos púlpitos evangélicos;
12-Creio que amar as pessoas e os nossos inimigos é a consequência necessária da sã doutrina;
13-Creio que amar a Deus sobre todas as coisas é a essência de nossa salvação!
14-Creio na predestinação oriunda da onipotência divina, onde se explica a eleição e o chamado, mas não é a característica principal da doutrina calvinista.
15-A característica principal da doutrina calvinista é a supremacia da glória soberana de Deus sobre todas as coisas! (adaptado por liroba de uma postagem do Blog fiel)

SOBRE ELEIÇÃO LEIA ESSA PREGAÇÃO DE CHARLES H SPURGEON, LINK ABAIXO PARA DOWNLOAD EM PDF: 


A VERDADEIRA IMAGEM DE DEUS.

Unicamente Deus é digno do nosso louvor. Vê-lo sobressair nas alturas dos céus só pode produzir o mais vigoroso louvor dos nossos lábios, elevado a seu trono. Este Deus formidável, transcendente, escolheu-nos para conhecê-lo e servi-lo. Como pode ser isso? Este é um privilégio valioso demais para que o compreendamos.

É preciso que a igreja recapture uma clara e penetrante visão da soberania de Deus sobre toda a terra. Por demasiado tempo o povo de Deus tem sido praguejado por baixos conceitos sobre Deus, indignos dele. A igreja fez um deus à sua imagem, uma divindade parecida com o homem, um deus que só tem uma autoridade limitada para agir. Mas a Bíblia apresenta um conceito diferente de Deus, um conceito segundo o qual o Rei dos céus reina em glória nas alturas. Sem rival e ilimitado em sua autoridade suprema, Deus é revelado nas páginas da Escritura como o único Soberano, o Rei dos reis e o Senhor dos senhores. Ele escolhe, designa, determina, predestina e governa tudo e todos. É isso que significa ser Deus, nada menos que isso. Esta é a visão de Deus que a igreja deve reivindicar.

Retornemos a essa alta visão de Deus. Exaltemos seu nome como o Senhor Soberano sobre todas as obras de suas mãos. Engrandeçamos seu nome como o incontestável governante sobre céus e terra. Deus é o Senhor, e não há nenhum outro. Que nós, que conhecemos este Rei, engrandeçamos o seu nome acima de todo nome. Exaltemos seu nome acima dos céus. Gloriemo-nos na vitória de sua graça em nossas vidas. A ele, unicamente a ele, seja toda glória e toda honra.

Trecho do livro FUNDAMENTOS DA GRAÇA, de Steven Lawson. (Editora Fiel)

terça-feira, 11 de setembro de 2012

SEJAMOS CRISTÃOS E NÃO JUÍZES

A Jesus Cristo disse, em Mateus 7, 1 e 2, na continuação do Sermão da Montanha:

1  NÃO julgueis, para que não sejais julgados.
2  Porque com o juízo com que julgardes sereis julgados, e com a medida com que tiverdes medido vos hão de medir a vós.

Ser Cristão e amar ao próximo como Jesus nos amou e aquele que ama não julga, mais sim:  ampara, admoesta, cuida, ensina, aconselha. (NÃO JULGA!!!).

Ocorre que, infelizmente, temos em nossas igrejas, MAIS JUÍZES QUE CRISTÃOS, que são aqueles que não sabem o particular de seus irmãos na fé e começam a tirar suas próprias conclusões diante de uma decisão que ao ver do “Julgador cristão”, era errada.

Somente Deus sonda os corações e eu creio que Deus trabalha não somente nos nossos acertos que são muito poucos, mas principalmente nos nossos erros que são muitos, vamos começar a fazer uma auto analise de nós mesmos, que vamos perceber que somos piores que aquele irmão que insistimos em julgar, façamos o que Paulo ensina em Filipenses 2, 3 na segunda parte, que diz:

“Nada façais por contenda ou por vanglória, mas por humildade, cada um considere os outros superiores a si mesmo.”

Imagine as pessoas superiores a você, seja humilde, queira aprender com os bons exemplos e não criticar os maus. Passe a agir refletindo antes: Como Jesus agiria em meu lugar nessa situação.
Ser Cristão é ser um pequeno Cristo na sua casa, no seu trabalho, no seu lazer, no mundo.
Quem está tentando fazer isso, Jesus seja louvado e glorificado, amém!
Quem ainda não começou, tente hoje e mais um pouco amanhã e depois e depois. Você verá a glória de Deus se manifestar na sua vida, pois, o Pai é Glorificado no filho e quando tentamos imitar a Jesus estamos alegrando a Deus. 

AGORA JESUS DISSE TAMBÉM QUE PODEMOS JULGAR DESDE QUE SEJA COM RETO JUÍZO, ENTÃO, VEJA ESSA OUTRA POSTAGEM: SIM PODEMOS JULGAR, MAS.....